facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Julho de 2024
19 de Julho de 2024

20 de Outubro de 2017, 15h:20 - A | A

POLÍCIA / NO DEVILLE

Golpista obriga hóspede pagar sua diária em hotel 5 estrelas de Cuiabá

A vítima acreditou na história, pois a estelionatária afirmou que faria a transferência do valor na conta da vítima, o que não aconteceu.

RAUL BRADOCK
DA REDAÇÃO



A famosa estelionatária Joara Chagas da Silva, 22 anos, conhecida como Joara Pimentel, foi denunciada por mais um golpe de estelionato que aplicou enquanto esteve em Cuiabá para o evento VillaMix, realizado no último final de semana.

Desta vez, ela mentiu para um hóspede do Hotel Deville, localizado na avenida Isaac Póvoas, dizendo que havia sido assaltada. Ela pediu para que ele pagasse sua estadia no local, no valor de R$ 388, e afirmou que devolveria o dinheiro via transferência bancária.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A vítima, identificada como C.F.S., 31 anos, procurou a polícia após descobrir que o dinheiro não havia sido pago pela golpista. A denúncia foi realizada na última quinta-feira (19) e o golpe foi aplicado na segunda-feira (16).

Golpe de R$ 2 mil

No mesmo dia, Joara foi encaminhada para delegacia após aplicar um golpe na compra de ingressos do Show VillaMix. Ao todo, a vítima alega prejuízo de R$ R$ 2.040,00 na venda de seis ingressos para o camarote do evento – realizado no último final de semana, em Cuiabá.

A vítima, identificada como J.M.F., 30 anos – que também estava no hotel - informou aos agentes que cobrou R$ 340 para cada um dos seis ingressos vendidos.

O pagamento dos ingressos havia sido feito via transferência bancária, na sexta-feira (14), porém, até a segunda-feira (16), após o evento, o dinheiro ainda não havia aparecido na conta.

A mulher, que é moradora de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá), é conhecida na internet por ter aplicado diversos golpes. Em diversos casos, ela teria afirmado que é filha da juíza Débora Roberta Pain Caldas, da 2ª Vara Criminal de Sinop (500 km ao Norte). 

Leia mais

Mulher é acusada de dar calote de R$ 2 mil em compra de ingressos do VillaMix

Acusada de golpes, jovem finge ser filha de juíza em Sorriso

Comente esta notícia

Cuiabano 20/10/2017

Que essazinha ai é vagaba não se discute, mas tmb vamos ser sinceros, tem gente que pede p/ ser feito de trouxa né...

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1