Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

13 de Novembro de 2014, 11h:22 - A | A

POLÍCIA / INTERIOR AMEDRONTADO

Criminosos explodem terminal eletrônico do Bradesco e fogem com todo dinheiro em Ponta do Araguaia

Funcionários estão apurando a quantia levada pela quadrilha, mas o valor não deve ser divulgado. Polícia Civil investiga o roubo.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Criminosos explodiram um caixa eletrônico da agência do banco Bradesco, da cidade de Ponta do Araguaia (600 km de Cuiabá).

Após a explosão, que ocorreu por volta das 3h, desta quinta-feira (13), os bandidos pegaram todo o dinheiro e fugiram em um carro, modelo não identificado, sentido Barra do Garças (400 km da capital). Funcionários estão apurando a quantia levada pela quadrilha.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Segundo informações da Polícia Militar, os criminosos invadiram a agência, colocaram as ‘bananas’ de dinamites na abertura do terminal eletrônico e acenderam o pavio. O impacto da explosão destruiu a agência, quebrando vidraças, forro de PVC e as portas. As paredes do local também teriam ficadas comprometidas.

Neste momento, policiais militares de municípios vizinhos realizam rondas nas estradas da região, mas até o momento ninguém foi preso. A Polícia Civil investiga se os criminosos, não sejam os mesmo que roubaram todo o dinheiro de um cofre de uma lotérica no munícipio de Cláudia (600 km de Cuiabá), na madrugada de quarta-feira (12).

Policiais ainda devem analisar os vídeos feitos pelas câmeras do circuito interno de segurança, para tentar identificar os criminosos.

A PM informou que o roubo teria ocorrido or volta da 0h30, quando os criminosos invadiram o local e o vasculharam até achar o cofre. O compartimento que estava o dinheiro foi arrombado. Em seguida, os criminosos levaram todo o montante.

O roubo só foi percebido no início do expediente, por volta das 7h, quando os funcionários chegaram para trabalhar e encontraram a porta arrombada e o local totalmente vasculhado.

POPULAÇÃO COM MEDO

A população de Cláudia está com medo diante da onda de assaltos que a cidade é alvo. Na manhã da última segunda-feira (10), a agência dos Correios foi assaltada por uma quadrilha. No crime, três criminosos armados invadiram o local e anunciaram o roubo.

Os clientes e funcionários foram obrigados a entregar todos os objetos de pertence. A quadrilha ainda pegou o dinheiro dos caixas e fugiu em um Chevrolet Prisma, de cor preta.

No mesmo dia, à noite, a Polícia Militar prendeu sete suspeitos de terem participado do roubo em duas casas no Jardim Paulista I, na cidade vizinha, Sinop.

Segundo informações da Força Tática de Sinop, após o roubo, os policiais começaram a fazer rondas nas rodovias que cortam os municípios ‘vizinhos’ a Cláudia. Com isso, encontraram um Chevrolet Prisma abandonado na beira da estrada. O veículo, que havia sido roubado em Cuiabá há 15 dias, teria sido usado por quatro bandidos que participaram do roubo.

Em seguida, a PM recebeu a informação que os suspeitos estariam escondidos em duas casas do bairro Jardim Paulista I, em Sinop. Os PM’s foram até o local, mas foram ‘recebidos’ à bala pela quadrilha.

No tiroteio, dois bandidos ficaram feridos e foram levados ao Hospital Regional da cidade. Outros cinco, também presos, foram levados a Delegacia da Polícia Civil.

Na residência onde a quadrilha estava, a PM recuperou uma grande quantia em dinheiro, suspeita de ter sido levado da agência dos Correios, além um revólver, munições e aparelhos celulares. Os policiais também aprenderam um Fiat Uno de cor vermelha. O veículo teria sido usado pelo restante da quadrilha, para dar apoio ao assalto.  

A PM informou que a casa também servia como boca de fumo (ponto de venda e uso de drogas).

Comente esta notícia