Cuiabá, 09 de Dezembro de 2022
logo

29 de Dezembro de 2016, 11h:40 - A | A

POLÍCIA / COM TORNOZELEIRA

Acusado de atacar base da PM, bandido é preso por tráfico de drogas

Charles Teixeira, 21, responde por outros crimes e está em liberdade condicional desde outubro; ele é monitorado por tornozeleira eletrônica

DA REDAÇÃO



Charles Fagundes Teixeira, 21, foi preso pela Polícia Militar acusado de participar de um assalto a uma pizzaria e por tráfico de drogas, no bairro Altos da Serra, em Cuiabá.

A prisão ocorreu na noite de terça-feira (27). Segundo a sinformações, a Polícia Militar recebeu a denúncia de que uma casa no bairro serviria como ponto de venda de drogas.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

No local, os militares encontraram uma porção grande de maconha, um revólver calibre 32 com cinco munições intactas, uma pistola de brinquedo, quatro celulares e pouco mais de R$ 500, além de roupas supostamente usadas durante assaltos.

O acusado que responde por outros crimes e está em liberdade condicional, desde outubro, sendo monitorado por tornozeleira eletrônica.

De acordo com a PM, ele foi preso em junho deste ano, sob acusação de integrar o bando que atacou a tiros a Base Comunitária da Polícia Militar do bairro Três Barras. 

Segundo os policiais, há dias, eles vinham sendo monitorando, sob a suspeita de envolvimento no roubo a uma pizzaria no Três Barras, na semana passada.

O bandido foi encaminhado para a delegacia de Polícia para procedimentos.

Ataque a Base da PM

Charles Teixeira foi preso pela Polícia Militar do 3º Batalhão, na noite do dia 24 de junho, acusado de atacar a base da PM no bairro Três Barras no dia 12.

Nesse dia, uma onda de criminalidade tomou conta do Estado, a mando de presidiários insatisfeitos com as restrições dentro da cadeia, depois que os agentes penitenciários entraram em greve.

Naquela ocasião, a base da Polícia foi alvejada com 50 tiros e dois explosivos, tipo coquetel molotov, foram deixados na calçada, mas não chegaram a explodir.

Câmeras de segurança registraram a ação criminosa realizada por seis pessoas.  

Leia mais

Quadrilha que atacou base da Polícia Militar é detida

Comente esta notícia