facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Julho de 2024
19 de Julho de 2024

26 de Novembro de 2017, 07h:50 - A | A

PODERES / PASSAGENS, GASOLINA E HOTEL

Senadores de MT torram R$ 1 milhão em 10 meses; Medeiros é "campeão"

Com a Cota Parlamentar, o senador José Medeiros teve despesas na ordem de R$ 384,1 mil. Em segundo lugar ficou o senador Wellington Fagundes, com gastos que somam R$ 301 mil. Já Cidinho Santos, alcançou despesas no total de R$ 286,2 mil.

CAROL SANFORD
DA REDAÇÃO



Os três senadores de Mato Grosso gastaram juntos R$ 971,4 mil da cota parlamentar entre os meses de janeiro a outubro deste ano. As maiores despesas foram com aluguel de escritório político, divulgação de atividade parlamentar e passagens aéreas, que somadas alcançam o valor de R$ 643,1 mil.

O senador José Medeiros (Podemos) foi o que mais utilizou a cota parlamentar, com despesas na ordem de R$ 384,1 mil. Os principais gastos dele foram com divulgação de atividade parlamentar (R$ 104,8 mil), passagens aéreas (R$ 88 mil), locomoção e hospedagem (R$ 87 mil), contratação de serviços de apoio parlamentar (R$ 74,8 mil) e aluguel de escritório político (R$ 26,3 mil).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Em segundo lugar ficou o senador Wellington Fagundes (PR), com gastos que somam R$ 301 mil. As maiores despesas do senador republicano foram com aluguel de escritório (R$ 94,5 mil), locomoção e hospedagem (R$ 88,5 mil), passagens aéreas (R$ 66,6 mil) e material de consumo (R$ 20,1 mil). O gasto com divulgação da atividade parlamentar foi o mais baixo, no montante de R$ 13,8 mil.

Já Cidinho Santos (PR), alcançou despesas no total de R$ 286,2 mil. O gasto mais elevado do parlamentar, assim como de Medeiros, foi com divulgação da atividade parlamentar. Cidinho desembolsou R$ 109,6 mil em dez meses do ano. A segunda maior despesa foi com aluguel de escritório, com valor total de R$ 92,1 mil.

Em passagens aéreas, o senador republicano, que é suplente do ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP), gastou R$ 47,4 mil, e com contratação de serviços de apoio parlamentar, R$ 26,7 mil.

Viagens oficiais

Além das passagens aéreas, os senadores acumularam despesas na ordem de R$ 50,4 mil, somente com viagens oficiais, que são aquelas realizadas em nome do Senado.

As passagens podem ser emitidas pelo Senado Federal ou compradas pelo próprio parlamentar para posterior ressarcimento. No caso das diárias, pode haver devolução do valor correspondente em caso de cancelamento da viagem ou em razão da necessidade de um retorno antecipado.

Com viagens oficiais, Cidinho gastou R$ 6,9 mil. Já Medeiros e Fagundes, desembolsaram os valores de R$ 21,9 e R$ 21,6, respectivamente, a serviço do Senado.

Comente esta notícia

Capivara 27/11/2017

Não vi nenhuma irregularidades se ouver que se puna! Mas estas fofocas e muito feio! E brincar com a inteligência da gente! Só porque chegando às eleições todo mundo e bandidismo?

positivo
0
negativo
0

Juca Alencar 27/11/2017

Uai? Gastaram o dinheiro ou roubaram, não vi na matéria nada sobre roubo... Que isso gente o Brasil ta assim por isso, que se levante e se foi irregular que se puna! O brasileiro tem que começar a pensar com a cabeça e não com o figado! E os gastos da Dilma? saindo mundo afora para passar vergonha no Brasil!

positivo
0
negativo
0

Thiago 27/11/2017

Depois o povo que recebe um salário por mês de aposentadoria que está quebrando o Brasil. Esses políticos ganham muito para fazer pouco..

positivo
0
negativo
0

Juca Alencar 27/11/2017

Uai? Gastaram o dinheiro ou roubaram, não vi na matéria nada sobre roubo... Que isso gente o Brasil ta assim por isso, que se levante e se foi irregular que se puna! O brasileiro tem que começar a pensar com a cabeça e não com o figado! E os gastos da Dilma? saindo mundo afora para passar vergonha no Brasil!

positivo
0
negativo
0

Diego 27/11/2017

Dilma já gastou 3 milhões desde que saiu da presidência.,essa guerrilha gastando o dinheiro do povo na Europa para mancha a imagem do Brasil, 9 com seus vômitos de palavras esquerdo patas pimenta na bunda dos outros é refresco né. .....

positivo
0
negativo
0

Guerreiro 26/11/2017

Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão!!!!

positivo
0
negativo
0

Marcos de Juara 26/11/2017

concordo que tem que s ver se foi gasto ilegal não vi isto na matéria? Ou vai ser cassa às bruxas ? Vamos jogar na fogueira e vamos ver depois se é inocente?

positivo
0
negativo
0

Gilstinho 26/11/2017

Medeiro é campeão por que ele ta fazendo campanha eleitoral pra alto promoção com o nosso dinheiro de imposto. Cade o TRE. Este medeiro quando era um simples guarda de trânsito vivia descendo o pau nos politico e agora ele ta lá é a vez dele gastar nosso dinheiro. Voces sabia que Medeiro era petista roxo quando era guarda de trânsito? Ele mudou de lado só pra derrubar a unica mulher que nós tinha como presidente a Dilma. é por isso que o Brasil nunca vai ter mulher no poder. As que tem seguiram ordens dos seus maridos e votou contra a sua própria classe e derrubaram a DILMA.

positivo
0
negativo
0

Armindo de Figueiredo Filho Figueiredo 26/11/2017

DE NOVO!!!!DE NOVO!!!! Esse vexame Nacional?????? Isso é dinheiro público!!! MEU,SEU,NOSSO, indo pro ralo , em benefício próprio.... ATÉ QUANDO, essa turma de políticos vão se MANCAR?????? Já disse em "N" comentários a RESPEITO desses GASTOS. De um modo geral (com raras exceções), são despesas que vem, acompanhadas de NOTAS FRIAS, Despesas não realizadas, despesas fora da normalidade... e assim vai.... Podem ser até LEGAIS, mas é de uma tremenda imoralidade, isso é . Tem que acabar com essa "FARRA". Veja os países , como a SUÉCIA E DINAMARCA e outros ... ISSO Não tem cabimento, é uma ABERRAÇÃO. Até quando vamos deparar,com esses ABSURDOS???????

positivo
0
negativo
0

9 comentários

1 de 1