facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 24 de Junho de 2024
24 de Junho de 2024

23 de Novembro de 2022, 07h:00 - A | A

PODERES / RODOVIAS DESBLOQUEADAS

Pivetta: Estado nunca cochilou; permitimos manifestações enquanto eram pacíficas

O vice-governador esteve no comando da ação integrada que desbloqueou as rodovias em Mato Grosso, que eram ocupadas por manifestantes

DAFFINY DELGADO
DO REPÓRTER MT



O vice-governador Otaviano Pivetta (Republicanos) negou, na manhã desta terça-feira (22), que o Governo de Mato Grosso tenha demorado a agir com relação aos atos de violência registrados no Norte do Estado. Segundo ele, os atos eram pacificos, mas a partir do momento que o comportamento mudou, o estado agiu conforme a necessidade. 

 "O Estado com suas forças nunca cochilou.  Mato Grosso não demorou para agir, permitimos a manifestação democrática e legal. Estamos reagindo à altura. O Estado não vai permitir desordem", destacou.   

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

As manifestações contrárias ao resultado da eleição presidencial começaram no dia 30 de outubro, com o bloqueio de diversos trechos de rodovias. Na semana passada, os protestos foram acirrados após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes em determinar o bloqueio de contas bancárias de empresas e pessoas que estariam financiando o movimento. Em Mato Grosso, mais de 40 empresas foram alvos da ordem judicial.

No final de semana, houve registro de manifestantes derramando cargas de grãos de carretas após motoristas ameaçarem furar o bloqueio. Também houve ataque de criminosos que atearam fogo em carretas e até em um guincho dentro da base da concessionária Rota do Oeste na BR-163, em Lucas do Rio Verde.

De acordo com Pivetta, diante da mudança no comportamento, as Forças de Segurança foram convocadas na manhã de segunda-feira (21), onde traçaram uma estratégia de ação para debelar os bloqueios e caçar os envolvidos em atos criminosos.

Na manhã desta terça, equipes da Polícia Rodoviária Federal em ação conjunta com a Polícia Militar deram início às operações. O foco dos agentes está na BR-163 que liga as cidades de Lucas do Rio Verde, Sorriso e Nova Mutum.

Lá, a tropa de choque conseguiu dispersar os manifestantes e uma limpeza foi feita na rodovia para liberar a passagem de veículos.

Apesar dos ataques registrados, Pivetta ponderou dizendo que nenhum óbito foi registrado, mas destacou que toda força será utilizada para impedir que situações semelhantes voltem a acontecer em Mato Grosso.

“A partir desses atos de vandalismo nós mudamos também a estratégia. Ontem nós nos reunimos e montamos uma estratégia para começar com um outro tipo de ação, que se iniciou esta manhã em Lucas do Rio Verde. Com uso da tropa de choque e cavalaria para mostrar que o estado não vai permitir desmandes e desordem como estava tendo sinais de que ia começar a acontecer”, emendou.

 

Comente esta notícia

Salustiano Soares 23/11/2022

Infelizmente o nosso Estado embora tenha suas forças polícias mais bem equipada do país por questão política ficou a reboque dos outros Estados no que fiz respeito a tomar providências para acabar com as manifestações anarquistas que muitos prejuízos tem causado com bloqueios e vandalismo.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1