Cuiabá, 29 de Setembro de 2022
logo

12 de Agosto de 2022, 14h:06 - A | A

PODERES / PREVISTO NA LOA

Mauro garante pagamento integral da RGA aos servidores em 2023

Conforme consta no projeto da LDO, a RGA a ser concedida aos servidores em 2023 é de 7,87%.

DAFFINY DELGADO
DO REPÓRTER MT



O governador Mauro Mendes (União Brasil) garantiu na manhã desta sexta-feira (12), que a Revisão Geral Anual (RGA) dos servidores públicos do Estado de Mato Grosso será paga de forma integral em 2023. Segundo ele, o pagamento já está previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA) do próximo ano.

"Pode ter certeza que sim", garantiu governador em entrevista à Rádio Centro América FM.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O Projeto de Lei 573/2022, que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária de 2023, foi aprovado em primeira votação em meados de julho pela Assembleia Legislativa.

A peça orçamentária envolve a previsão de receita corrente líquida de R$ 24,308 bilhões para o próximo ano. O valor é maior 7,08% em relação à receita projetada para 2022.

Conforme consta no projeto da LDO, a RGA a ser concedida aos servidores em 2023 é de 7,87%. De acordo com o governador, a reposição está no mesmo patamar da inflação.

“Já está previsto. Nós já falamos sobre esse tema. Nós mudamos a data-base, que era em maio, passamos para janeiro. No orçamento deste ano para orçamento de 2023 já está prevista esta reposição anual ao servidor no mesmo patamar da inflação. Pode ter certeza que sim. Nós já falamos várias vezes anteriormente”, afirmou.

A matéria que ainda tramita no Legislativo Estadual, ainda não tem data para entrar em pauta para segunda votação, tendo em vista que os deputados estão elaborando emendas a serem inseridas no projeto.

Comente esta notícia

alexandre 13/08/2022

Eu nao acredito, a perda foi de 23%, 7 % é esmola...

Roger 12/08/2022

Já que o estado tem uma saúde financeira boa, o Sr poderia da algo a mais como rga e mais ganho real, uma vez q o estado ficou 2 anos sem da reposição.

Cleber 12/08/2022

Quando a data base era em Maio/21, o percentual era de 21% de RGA para ser reposto, agora que passou a data base para janeiro/23, reduziu para 7,87%? Que desvalorização do Servidor Público ! Já perdemos o poder de compra , agora quer nos tirar mais ainda? Não concordamos. No jogo de xadrez diz, assim: valorize seus peãos para garantir a sua vitória, que sua jornada será um belo passeio, caso contrário será fadado ao fracasso. Pense nisso! Vamos valorizar os servidores públicos estuais dando pelo menos os 15%, já que adiantou aqueles 7%em maio. Pense nisso...

3 comentários

1 de 1