facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 24 de Junho de 2024
24 de Junho de 2024

29 de Outubro de 2022, 11h:45 - A | A

PODERES / EMPRESÁRIOS DO AGRO

Cunhado de Maggi, Balbinoti e mais 12 doaram R$ 5,2 milhões para Bolsonaro

Campanha de reeleição do presidente já arrecadou R$ 105 milhões, conforme TSE

THAIZA ASSUNÇÃO
DO REPÓRTER MT



Quatorze empresários do agronegócio de Mato Grosso doaram mais de R$ 5,2 milhões para a campanha de reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Até o momento, a campanha do presidente já arrecadou R$ 105 milhões. O limite de gastos pela Legislação eleitoral nos dois turnos da disputada é R$ 133,4 milhões.  

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

De acordo com o site DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o maior doador mato-grossense é Hugo de Carvalho Ribeiro, cunhado do ex-ministro da Agricultura Blairo Maggi e acionista da Amaggi. Ele desembolsou 1,2 milhão para a campanha do presidente.  

Já o sojicultor Oscar Luiz Cervi doou R$ 1 milhão e aparece como o segundo maior doador na lista entre os mato-grosssenses.

 O terceiro maior doador do estado é o produtor Odílio Balbinoti Filho, presidente do Grupo Atto Sementes com sede em Rondonópolis. Ele desembolsou R$ 600 mil para Bolsonaro.

O pecuarista Celso Gomes dos Santos, o Celso Bala, também aparece na lista dos doadores do presidente. Ele doou R$ 500 mil, sendo o quarto maior doador de Mato Grosso.  

Veja lista:

Hugo de Carvalho Ribeiro – R$ 1,2 milhão

Oscar Luiz Cervi - R$ 1 milhão  

Odilio Balbinotti - R$ 600 mil  

Celso Gomes dos Santos, Celso Bala - R$ 500 mil    

Mauricio Cardoso Tonha - R$ 310 mil  

Cirineu Aguiar - R$ 300 mil  

Roland Trentini - R$ 300 mil  

Carlos Alberto Polato - R$ 250 mil   

Luiz Alberto Gotardo - R$ 210 mil  

Gilson Mueller Berneck - R$ 150 mil  

Rogerio Pivbetta Ferrarin - R$ 150 mil  

Ivan Brizot - R$ 121,5 mil  

Hermute Lawisch - R$ 100 mil  

Alessandro Nocli - R$ 100 mil  

Comente esta notícia