Cuiabá, 29 de Setembro de 2022
logo

23 de Setembro de 2022, 06h:06 - A | A

OPINIÃO / WILSON CARLOS FUÁH

Tudo muda no mundo verdadeiro



Todos os dias, somos abastecidos por uma pequena cota de esperança, e com elas vêm também alguns enigmas que precisam ser entendidos ou descartados, pois nenhum dia será igual ao outro, e por isso, até a coerência é passageira, nada se completa ao final do dia.

Vivemos cercados por pessoas que tentam ser coerente o tempo todo, mas o certo é entender que não somos senhores dos nossos desejos e muito mesmos dos resultados que acontecem em nossas vidas, pois toda a sabedoria do mundo, não é nada, diante de Deus.

Muitas pessoas até tentam ser coerente, e faz da sua aparência a necessidade de se mostrar como um espelho de um mundo perfeito:
1 – só saem de casa, se a cinto estive combinando com as cores dos sapatos;
2 – e logo pela manhã abastece a sua mente com as mesmas opiniões de ontem, para não ser diferente logo no amanhecer;
3 – e procura aceitar as coisas mesmo que estejam erradas e não procuram debatê-las, porque quer ser visto, como, aquele que vive num mundo aparente perfeito, e para visto entre aqueles que agem “politicamente correto ou coerente externamente”.

Mas, tudo munda no mundo verdadeiro, e em todos os instantes a realidade é outra, por isso, não devemos envergonhar-nos, por ter que mudar de opinião, principalmente quando as nossas contradições são maiores que a realidade modificada de “ontem para hoje”.

O importante é evoluir, e mudar de pensamento, desde que não prejudique ninguém, mudar de opinião faz bem, porque promove uma nova adequação para uma nova realidade satisfatória, e por serem mudanças necessárias, não devemos envergonhar-nos das contradições evolutivas, porque o mundo está em movimento sempre.

Todos nós temos o direito de modificar a nossa vida o tempo todo, desde que, independente do que os outros vão pensar de nós, porque eles vão pensar de qualquer maneira.

Ficar parado no tempo em nome da coerência passada, e não evoluir, é tentar interromper o movimento do Universo, que gira incessantemente em nossa volta, devemos ter certeza que o novo, envelhece a cada virada da meia-noite.

Por isso, relaxe.

Seja um transformador permanente, descubra a alegria de ser uma surpresa para você mesmo, durante o tempo todo da sua vida está sendo transforma, quer queira ou não.

Wilson Carlos Soares Fuáh é Economista, Especialista em Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas.

>>> Siga a gente no Twitter e fique bem informado

Comente esta notícia