Cuiabá, 06 de Outubro de 2022
logo

13 de Novembro de 2013, 12h:13 - A | A

OBRAS DA COPA / OBRAS DA COPA

Governo apresenta VLT e promete modal pronto até dezembro de 2014

Faltam chegar mais 12 composições do VLT, que devem embarcar esta semana com destino a Cuiabá.

ANA ADÉLIA JÁCOMO E ANDRÉ MICHELLS
DA REDAÇÃO



O governador Silval Barbosa (PMDB) apresentou oficialmente o VLT (veículo leve sobre trilhos) nesta quarta-feira (13) em Várzea Grande, no Pátio de Operações que está sendo construído em frente ao Aeroporto Marechal Rondon.

Acompanhado de deputados estaduais e do ministro de Esportes Aldo Rebelo, Silval afirmou que o Governo do Estado já pagou as composições que serão utilizadas para implantação dos dois eixos - Avenida do CPA/Aeroporto e Fernando Corrêa/Prainha.

“Já pagamos todos os equipamentos necessários para o VLT. Faltam chegar mais 12 composições, que devem embarcar esta semana com destino a Cuiabá. Iremos terminar todo o VLT até o ano que vem. Os projetos estão acontecendo, é uma construção. O que chegou é parte deste projeto. Ao todo serão 280 vagões percorrendo a capital”, disse o governador sem especificar uma data.

Na verdade, os vagões chegaram em Cuiabá há uma semana. O modal foi visto em cima de carretas na última sexta-feira (8). Leia AQUI. A MAC Logistic, contratada pelo Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande, é a responsável pela chegada dos primeiros vagões, que vieram da fábrica em Bilbao (Espanha).

O chefe do Executivo estadual apresentou os sete módulos que formam a primeira composição. Após a apresentação, os vagões serão submetidos a realização de testes como de comunicação, iluminação e passagem de energia.

De acordo com a Secretaria-Extraordinária da Copa do Mundo Fifa 2014, do total de 40 composições 25 já estão prontas para serem enviadas a Cuiabá.

ENTREGA ATÉ DEZEMBRO

O gerente comercial da multinacional espanhola CAF, responsável pela implantação do modal em Cuiabá e Várzea Grande, Ricardo Sanches, afirmou que a empresa está se esforçando ao máximo para terminar o projeto a tempo de receber os jogos da Copa do Mundo, em 2014.

O profissional disse ao RepórterMT que o governador está avaliando a possibilidade de mudar o cronograma, que previa a entrega do modal para março do ano que vem. Agora, o VLT todo deve ficar pronto até dezembro de 2014.

“Temos um contrato e o pagamento é feito à medida que a obra avança. Estamos discutindo com o governador os problemas que estamos encontrando. Pretendemos fechar um novo cronograma, que prevê o VLT pronto até dezembro do ano que vem”.

Ricardo Sanches elencou problemas que causam atrasos na implantação do metrô. Segundo ele, o alagamento causado pelas chuvas desta semana nas principais avenidas das cidades, já estava previsto. No entanto, problemas com desapropriações e levantamentos históricos ainda emperrar o processo.

“A chuva é um empecilho, mas o alagamento das vias já era previsto. Mas infelizmente as desapropriações não seguem num ritmo acelerado. Além disso, há questões ambientais e inúmeras variáveis que podem atrasar o cronograma”.

Álbum de fotos

RepórterMT

RepórerMT

RepórterMT

RepórterMT

RepórterMT

RepórterMT

RepórterMT

Comente esta notícia