Cuiabá, 09 de Agosto de 2022
logo

25 de Dezembro de 2017, 07h:55 - A | A

VARIEDADES / COMPORTAMENTO

Baixa autoestima está ligada a relacionamentos abusivos

Entenda como ela se manifesta no casal e porque essa relação é tão forte

MINHA VIDA



Começo este texto alertando! Se você se encontra ou acredita estar em um relacionamento abusivo: não se culpe e sim busque ajuda, mesmo que identifique em você posturas, falas ou atitudes que parecem favorecer o abuso. Precisamos romper com esta herança histórica e social que justifica e aceita o abusador e inverte a situação transformando o abusado na causa.

É muito comum uma relação abusiva estar envolvida de alguma forma com uma fragilidade na autoestima, sendo de um ou ambos na relação. Uma pessoa que possui insegurança sobre seu existir, fazer e ser, acaba muitas vezes se relacionando com pessoas que tendem a oferecer o contrario, a segurança, a confiança e a atitude. Ao mesmo tempo que parece um alivio e uma solução, é muito comum que esta relação reforce de alguma forma e ainda mais a insegurança e falta de um e o poder e controle do outro, facilitando assim significativamente uma relação abusiva.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Como se caracteriza uma relação abusiva?

É preciso entender que uma pessoa abusiva possui características comuns a praticamente todas as pessoas e por isso há muita dificuldade em saber ou prever a possibilidade de estar com alguém assim. Podem ser pessoas muitas vezes animadas, envolventes e sedutoras, também podem ser firmes, cheias de conhecimentos, aparentando segurança e sabedoria. Costumam possuir discurso de ajuda, ensinamento e até de proteção, mas o ponto que merece atenção é que costumam estar sempre certas e precisam de alguma forma desmerecer, desacreditar ou finalizar e substituir por seus saberes e atitudes aquilo que antes era do outro. E assim acabam conduzindo, controlando e intimidando o parceiro. E muitas vezes não utilizam de violência, agressão, xingamentos, há muitos abusos disfarçados de boas intenções, palavras amorosas, ditos religiosos e com voz mansa e gestos afetuosos.

O que característica um abuso é o fato de um lado ser desvalorizado, intimidado, acuado e sentir duvida sobre sua pessoa e seu saber. É também acreditar que o outro é maior e mais do que a si mesmo, é sentir que deve ser grato, mesmo quando se sente intimidado e pequeno. É ser a sombra e viver escondido de si mesmo, atrás de o outro que reina e dita sobre seu ser e seu viver.

Como a autoestima se mostra dentro do relacionamento?

A autoestima de uma pessoa é estimulada e estruturada ao longo de toda nossa vida desde o nascer e através de olhares, gestos, falas, carinhos, ensinamentos e referências formamos nossos conceitos e aprendemos qual nosso valor enquanto ser e também com o meio. A família e o meio social são fundamentais e é através dele que sentimos ou não se somos importantes, amados, valiosos, desejados, se devemos reinar ou nos esconder.

Comente esta notícia