Cuiabá, 04 de Dezembro de 2022
logo

06 de Dezembro de 2016, 09h:08 - A | A

POLÍTICA / STAFF DE TAQUES

Russi confirma convite e deve assumir a Secretaria de Assistência Social

Ao RepórterMT, o deputado Max Russi afirmou que foi convidado pelo governador Pedro Taques (PSDB) para substituir Valdney Arruda na Secretaria de Trabalho e Assistência Social.

FRANCISCO BORGES
DA REDAÇÃO



O deputado Max Russi (PSB) pode assumir a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) em substituição a Valdiney Antônio de Arruda, que é auditor-fiscal do trabalho e está desde o início da gestão do governador Pedro Taques (PSDB), à frente da pasta.

“Não sei se vou, pois ainda tenho trabalho a ser desenvolvido na Assembleia. Mas a ideia é compor o staff do Governo sim, pois o convite já foi feito. Porém, nada está fechado”, adiantou o deputado.

O parlamentar confirmou ao que foi convidado pelo governador para assumir o cargo. Russi diz que analisa a proposta e vai responder ainda neste mês de dezembro para que a definição sobre o comando da pasta ocorra antes de 2017.

Ao , Russi frisou que sua maior preocupação, no momento, são alguns trabalhos parlamentares que ainda precisa concluir e que podem impedir que deixe a Assembleia Legislativa.

“Não sei se vou, pois ainda tenho trabalho a ser desenvolvido na Assembleia. Mas a ideia é compor o staff do Governo sim, pois o convite já foi feito. Porém, nada está fechado”, adiantou o deputado.

No último final de semana foi cogitado que o socialista poderia assumir a pasta de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec) no lugar de Luzia Helena Trovo, fato que foi desmentido pelo parlamentar. “Não houve sequer convite para eu assimumir a Secitec”, asseverou.

Nesta segunda-feira (5), o governador confirmou mais duas alterações no primeiro escalão do Palácio Paiaguás. 

Como já havia pedido para deixar o staff para tratar de assuntos pessoais, o atual titular da Secretaria de Fazenda, Seneri Paludo será substituído pelo atual secretário de Planejamento, Gustavo de Oliveira.

O professor universitário e atual secretário de Planejamento de Cuiabá, Guilherme Müller, aceitou o convite de Pedro Taques e assumirá a Seplan do Estado, no lugar de Gustavo de Oliveira.

Em novembro, o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) assumiu a Secretaria de Estado de Cidades (Secid), no lugar de Eduardo Chiletto e o jornalista Kleber Lima assumiu o Gabinete de Comunicação, em substituição a Jean Campos. Jean foi nomeado na Secretaria de Assuntos Estratégicos. 

O procurador-geral do Estado, Patrick Ayala também será substituído. Quem assume no lugar dele é o atual procurador-geral de Cuiabá, Rogério Gallo.

Ainda é cogitada a "troca de comando" também na Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, gerida pelo defensor público Márcio Dorilêo e que passaria a ser comandada pelo titular da Casa Militar, coronel da Polícia Militar Airton Benedito de Siqueira Júnior. No lugar do coronel na Sejudh assumiria seu adjunto, Evandro Alexandre Ferraz Lesco.   

Leia mais:

Taques confirme Gustavo Oliveira na Sefaz e Guilherme Muller na Seplan 

 

Comente esta notícia