facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 25 de Maio de 2024
25 de Maio de 2024

29 de Dezembro de 2010, 15h:52 - A | A

POLÍTICA /

Prefeitura tem até o fim da tarde de hoje para explicar morte de crianças



ROBERTA DE CÁSSIA
DA REDAÇÃO

Termina na tarde de hoje (29) o prazo dado pelo Ministério Público Estadual (MPE) para a Secretaria de Saúde de Cuiabá para tomar providencias no combate a bactéria que vitimou cinco crianças na UTI Neonatal do Pronto Socorro.

A ação recomendatória foi expedida ontem dando 24 horas para a secretaria se justificar. O promotor de Justiça de Defesa da Infância e Juventude José Antônio Borges Pereira solicita ainda que seja feita uma investigação administrativa para se apurar a causa da morte das cinco crianças e também que a Vigilância Sanitária Hospitalar realize a vistoria na UTI para verificar a contaminação.

A prefeitura também terá que se explicar para a Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania, que também instaurou procedimento investigatório para apurar as causas e responsabilidades sobre as mortes ocorridas no Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.

Outro Lado - A prefeitura através da Secretaria de Saúde informou por meio da assessoria de imprensa que já começou o processo de desinfecção terminal e concorrente da UTI neonatal para eliminar a bactéria (Staphylococcus Coagulase negativo). O prazo para o término do processo é de 72 horas.

Segundo a assessoria, algumas crianças foram transferidas antes de acontecer a contaminação e outras tiveram alta, portanto nenhuma ficou sem atendimento.

E que a secretaria realizou ações imediatas para conter o avanço da bactéria e que a causa morte continua sendo investigada, mas nada foi confirmado que seria uma super bactéria.


O infectologista e coordenador da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar de Cuiabá Luciano Correa Ribeiro, disse que tudo indica que seria apenas uma bactéria oportunista e não uma super bactéria.

 

 

Comente esta notícia