Cuiabá, 09 de Dezembro de 2022
logo

23 de Dezembro de 2016, 12h:00 - A | A

POLÍTICA / CASA DOS HORRORES

Câmara aprova verba indenizatória de R$ 15 mil para o vice de Pinheiro

O valor do benefício será calculado com base na verba indenizatória recebida pelo prefeito; Niuan Ribeiro terá quatro assessores

DA REDAÇÃO



A Câmara Municipal aprovou, na sessão plenária de quinta-feira (22), projeto de lei que cria verba indenizatória para o vice-prefeito de Cuiabá.

O projeto foi aprovado por ampla maioria: foram 19 votos a favor.

A medida vai beneficiar o vice-prefeito eleito Niuan Ribeiro (PTB).


O valor do benefício será calculado com base na verba indenizatória recebida pelo prefeito.

Hoje, o prefeito Mauro Mendes (PSB) recebe R$ 25 mil mensais, a título de indenização.

O projeto aprovado pela Câmara estabelece que vai ter direito a 60% deste valor - R$ 15 mil por mês.

Por decisão do Legislativo, o gabinete do vice-prefeito, no Palácio Alencastro, passar a ter estrutura.

Niuan Ribeiro poderá nomear quatro assessores: um estratégico, com salário de R$ 9,3 mil; um diretor administrativo financeiro, com salário de R$ 5,2 mil; um assessor técnico, com salário de R$ 3,7 mil; e um assessor, que vai ganhar R$ 2,7 mil.

Estrutura

Há seis anos, o Palácio Alencastro não tem vice-prefeito.

O último político a ocupar o cargo foi Chico Galindo (PTB), que, em 2010, assumiu a Prefeitura, na vaga de Wilson Sanrtos (PSDB).

O tucano renunciou para disputar a eleição para Governo do Estado.

Em 2012, Mauro Mendes foi eleito com o então deputado estadual João Malheiros (PR) como vice.

Dias antes de ser empossado, entretanto, o republicano renunciou ao cargo, optando por continuar na Assembleia Legislativa.

Comente esta notícia

CIDADÃO 27/12/2016

E inegável que em tempo de crise devemos conter os gastos, mas parece que os vereadores de Cuiabá não sabem disso, mas como sabemos vice, so serve pra financiar campanha, so que a conta chegou, e será paga as custas da população..e triste mas pra mim a política esta sem qualquer credibilidade, so serve pra atuar em prol dos interesses pessoais.até quando vamos aguentar. Eu pessoalmente não vejo projeto de lei por parte dos vereadores que interesse a sociedade, a impressão que temos que eles não fazem nada, talvez esteja enganado mas essa é impressão que eles me passam.

Marcelo 26/12/2016

É até hoje não pagam o décimo terceiro dos trabalhadores dá câmara municipal ou melhor casa dos horrores vereadores cretinos safados nenhum presta mesmo

Galileu 26/12/2016

Os membros dssa casa dos Horrores deve ser trocado em 100%. Momento em que toda a população está vivendo maior dificuldade esses caras estão dando aumento.

Eid Simoes 26/12/2016

Uma vergonha!! Tem q divulgar quem Foram os vereadores q votaram a favor para que a sociedade saibam o q seus representantes estão fazendo!! Em tempos de redução de custos esses safados aparecem com essa!! Isso é dar um tapa na cara do povo Cuiabano!!! Pode ficar tranquilo q daqui a pouco tem IPTU para pagar.. e com ctza essa verba "fanfarratória" já irá entrar no cálculo!!

Benedito costa 25/12/2016

O cara vai ser beneficiado por essa verba. Nunca vi falar nesse Niuan Ribeiro. De qualquer maneira nao é culpa dele e sim dos vereadores que aí estao da legislatura anterior.

EDESIO ADORNO 23/12/2016

O Vice-prefeito Niuan Ribeiro ganha sinecura e "Trenzinho da Alegria". Quem tirou o chapéu agora tira a mão do bolso e paga R$ 15 mil por mês e até "assessor estratégico" para o jovem advogado e pecuarista. Esse deboche vai custar R$ 1 milhão por ano para o contribuinte. Esse é o conceito de moralidade do PMDB e a inovadora política de proximidade e de respeito ao cidadão. Arrocho para o povo e mordomia para os políticos. Assim caminha trôpega a humanidade.

Armindo de Figueiredo Filho Figueiredo 23/12/2016

Essa "CASA DE HORRORES" não tem jeito mesmo. Enquanto tramita no Congresso Nacional, projetos, emenda, leis etc, para por fim nessa "VERBA VEXATÓRIA", ainda existe políticos, teimosos e turrões que ainda pratica essa "VERGONHA NACIONAL". Esta na hora de acabar com essa "EXCRESCÊNCIA". O povo não "SUPORTA" mais essa "Verba Nociva" que só serve para engordar "Contra Cheques" e pagar funcionários fantasmas. A pura verdade, ´e que essa "VERBINHA EXTRA", vai sempre pro RALO. E , estamos conversado......

jr 23/12/2016

sem dinheiro para saude mas para criar despesas adicionas tem isso e falta de respeito com quem contribui

Ironi Valdir oliveira 23/12/2016

Vereador já ganha muito se comparar a salário de outros trabalhadores francamente fica a pergunta diante dá crise política ética moral isso está certo Cuiabá está uma mmmmm.....A

9 comentários

1 de 1