Cuiabá, 02 de Julho de 2022
logo

Sexta-feira, 04 de Novembro de 2011, 17h:40 - A | A

GLOBAL TECH

Ainda é cedo para julgar idoneidade de Éder, diz parlamentar

O presidente da Comissão de Acompanhamento da Copa do Mundo de 2014, Sérgio Ricardo disse que o assunto entrará em pauta na AL/MT

FERNANDA LEITE

O presidente da Comissão de Acompanhamento da Copa do Mundo de 2014, secretário da Assembleia Legislativa, deputado estadual Sérgio Ricardo (PR), em entrevista ao RepórterMT, disse que ainda é cedo para julgar a “idoneidade” do gestor da Secopa, Eder Moraes. O parlamentar disse que as notícias divulgadas recentemente não passam de especulações sobre a existência da Global Tech.

“Estas questões, até que se tenham provas não dão para criticar. Solicitamos explicações que estarão na Casa a partir da próxima semana”, revelou.

O presidente da Comissão disse que as explicações sobre a aquisição dos veículos Land Rover, feitas pelo secretário adjunto de Infraestrutura da Secopa, Jefferson Castro, não convenceram os parlamentares. “Ele falou sobre  equipamentos, enfim, não queremos saber isso, queremos saber sobre recursos, dinheiro, quanto foi  investido de fato”, alegou.

O parlamentar questionou sobre a existência da Global Tech no banco de dados da Junta Comercial do Estado.  “O assunto é recente. Não sabemos de nada por enquanto. Ficar prevendo e projetando em cima de suposições não dá”, ponderou.

O site Olhar Direto divulgou com exclusividade o escritório da empresa Global Tech, localizada no Setor de Oficinas Norte (SOF), em Brasília. No endereço descoberto, funciona a sede o Grupo Elite, do qual a Global Tech é representante, e que fornece sistemas de segurança privada para empresas de vigilância e monitoramento eletrônico.

A reportagem também constatou que na mesma quadra onde deveria estar situada a Global Tech existe uma loja que fornece artigos como uniformes, coturnos, distintivos, acessórios e equipamentos para militares.

Comente esta notícia