Cuiabá, 01 de Fevereiro de 2023
logo

23 de Janeiro de 2023, 18h:29 - A | A

POLÍCIA / ALVO DA PF

Vândalo filmado ao destruir relógio histórico no Palácio do Planalto é preso

Prisão aconteceu em Uberlândia. Polícia Civil confirmou que o homem é de Goiás.

DO REPÓRTER MT



O homem filmado ao derrubar e destruir o relógio do século 17, feito pelo francês Balthazar Martinot, no Palácio do Planalto, foi preso pela Polícia Federal de Goiás. A prisão aconteceu nesta segunda-feira (23), na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais. O homem é Antônio Cláudio Alves Ferreira, de 30 anos.

O relógio de pêndulo foi um presente da Corte Francesa para Dom João VI. Balthazar Martinot era o relojoeiro do rei francês Luís XIV.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O artefato foi destruído no último dia 8 de janeiro, durante invasão às sedes dos Três Poderes, em Brasília. Na ocasião, pessoas que protestam contra a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) invadiram e depredaram o Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal (STF) e Palácio do Planalto.

Desde as invasões, o criminoso estava foragido.

Segundo informações confirmadas pela Polícia Federal à TV Anhanguera, o homem vai ser levado à sede da Polícia Federal em Uberlândia e depois a Brasília.

Comente esta notícia

Evaldo 23/01/2023

Mais um PATRIOTARIO que vai pra gaiola. Enquanto o chefão da gangue curte férias no exterior. Vai trouxa!

1 comentários

1 de 1