Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

28 de Outubro de 2014, 09h:01 - A | A

POLÍCIA / CANGAÇO VOLTOU

Quadrilha explode agência do BB e foge atirando em Riberiãozinho

Nesta segunda (27) três homens armados com escopetas invadiram a agência do Banco do Brasil de Nova Maringá. atirando na parede. Eles pegaram o dinheiro dos caixas e fugiram levando funcionários e clientes como reféns.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Criminosos explodiram uma agência do Banco do Brasil, na madrugada desta terça-feira (28), no município de Riberiãozinho (500 km de Cuiabá). A intenção deles era destruir os terminais eletrônicos, no entanto, diante da quantidade de explosivos que usaram, o local ficou parcialmente destruído. A Polícia Militar não informou se a quadrilha conseguiu levar algum dinheiro da instituição financeira.

Aos policiais militares, que atenderam a ocorrência, moradores disseram que por volta das 3h, acordaram com um barulho de explosão. Ao ver o que estava ocorrendo, viram criminosos em dois carros atirando para o alto, no intuito de dar medo à população da cidade, com cerca de 3 mil habitantes.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A Polícia Militar foi acionada e iniciou rondas nas rodovias que cortam o município, no entanto, ninguém foi preso. Uma equipe de policiais civis do Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO) deve deslocar até a cidade, para iniciar as investigações.

Divulgação

bb

Agência ficou completamente destruída.

‘CANGAÇO VOLTOU’

No início da tarde desta segunda-feira (27), três criminosos invadiram também uma agência do BB, mas em Nova Maringá (500 km de Cuiabá), e roubaram todo o dinheiro dos caixas.

Testemunhas disseram que os criminosos chegaram atirando na parede par dar medo e renderam todos os clientes e funcionários. Em seguida, exigiram todo o dinheiro dos caixas.

Ao pegar o montante, colocaram o gerente, dois seguranças e três clientes em uma caminhonete Chevrolet S-10 de cor branca e sem placas, fugindo em alta velocidade.

A PM foi acionada e conseguiu localizar os reféns meia hora depois, em uma estrada vicinal na saída da cidade, próximo à Fazenda São Matheus. As vítimas não estavam feridas, porém muito assustadas.

Ainda neste ano, em abril, a mesma agência foi alvo de criminosos do Novo Cangaço. Na ocasião, cinco homens armados invadiram o banco atirando nas vidraças para intimidar clientes e funcionários. O bando pegou dinheiro do cofre e fugiu, levando reféns, que foram abandonados na saída do município. 

Semanas depois, os criminosos foram presos após um trabalho investigativo feito por policiais civis da GCCO.

Comente esta notícia