facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 27 de Maio de 2024
27 de Maio de 2024

22 de Outubro de 2010, 17h:08 - A | A

POLÍCIA /

Prefeito de S.J do Xingú é indiciado por emprestar patrola a fazendeiros



Duas máquinas e dois caminhões do Governo do Estado foram apreendidos em fazendas na região de São José do Xingu (1.200 km a Noroeste). Os maquinários foram doados a prefeitura do município e o prefeito Gilberto Mendes Leoncini foi indiciado por crimes de peculato de desvio e improbidade administrativa.

A operação “Patrol” foi realizada pela Polícia Civil nessa quinta-feira (21), por policiais das Delegacias de Confresa, Vila Rica e São José do Xingu (1.160, 1.259, 1.200 km a Nordeste, respectivamente) para apurar denúncias feitas ao Ministério Público de Vila Rica.

Com as informações repassadas pelo Ministério Público duas equipes de policiais se deslocaram até a região para fazer levantamento dos dados nas propriedades rurais, já que os fazendeiros são os principais suspeitos de utilizar ilegalmente os maquinários.

Na fazenda “Vista Alegre’, região de São José do Xingu, foi encontrada um maquinário tipo patrol trabalhando em um pasto para confinamento de gado. Em depoimento, o operador da máquina relatou que o atual prefeito do município, Gilberto Mendes Leoncini, o “Betão”, emprestava as máquinas para realização de trabalhos nas fazendas. O maquinário era abastecido pelos fazendeiros que ainda pagavam hora extra para funcionário da prefeitura, caso ultrapasse a jornada diário de trabalho.

O delegado, Vitor Chab, disse que as informações, depoimentos de testemunhas, fotografias, além de filmagens realizadas dos maquinários em trabalhos nas propriedades particulares serão anexadas ao processo, que será instaurado pelo Ministério Público. Após a conclusão, o processo será encaminhado a Procuradoria Geral de Justiça de Cuiabá para devidas providências.

O prefeito de São José do Xingu não estava na cidade na hora do flagrante. A operação ocorreu sob o comando dos delegados Vitor Chab e Webber Batista Franco, responsáveis pelas delegacias dos municípios de Confresa e Vila Rica. Com informações da assessoria.

Comente esta notícia