Cuiabá, 03 de Fevereiro de 2023
logo

18 de Dezembro de 2014, 10h:16 - A | A

POLÍCIA / SENTINDO NA PELE

Policial civil tem carro e arma roubados por assaltantes no CPA

A dupla pediu a arma do policial e exigiu que ele saísse do carro. Em seguida, entraram no carro e fugiram em alta velocidade. O carro foi localizado minutos depois, na mesma região.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Um investigador da Polícia Civil, de 36 anos, teve uma pistola calibre ponto 40 e o carro, Renault Clio roubado por dois bandidos, na noite desta quarta-feira (17). O roubo ocorreu na Rua Limeira, do bairro Itapuã, região do CPA, em Cuiabá.

Aos policiais civis, ele disse que trafegava no Clio, por volta das 23h, quando teria reduzido a velocidade para passar em uma lombada e foi surpreendido pelos dois assaltantes, já apontando a arma na direção dele.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A dupla pediu a arma do policial e exigiu que ele saísse do carro. Em seguida, entraram no carro e fugiram em alta velocidade.

A Polícia MIlitar suspeita que os criminosos já vinha seguindo o policial, porque sabiam da profissão dele.

O investigador acionou as policiais militares e civis que começou rondas. Ainda na região do CPA, o Clio foi encontrado.

No entanto, os bandidos seguem foragidos. A Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá vai investigar o caso.

MAIS CASO

Divulgação 4º BPM

traficante

Bandido já tinha sido preso pelo crime do tráfico de drogas.

Ainda nesta quarta-feira (17), no bairro Vila Arthur, em Várzea Grande, o traficante Kilve Lemes da Costa, de 18 anos, foi preso com porções de maconha e uma substância usada para misturar com drogas, no intuito de aumentar a quantidade da carga, para ser vendida mais cara.

Segundo informações do 4º Batalhão da PM, por volta das 19h, os policiais receberam a denúncia que Kilve e um comparsa estariam armados na Rua Tailando e vendendo drogas. No entanto, ao verem a viatura eles tentaram fugir.

Kilve foi cercado e para não ser descoberto jogou as porções no chão. A carga foi localizada pelos policiais e apreendida. No aparelho celular dele, a PM encontrou uma mensagem de texto, onde uma pessoa encomendava uma arma para cometer crime. 

O traficante foi levado a Central de Flagrantes e autuado por tráfico de drogas. Na delegacia, os policiais descobriram que ele já tinha sido preso antes, pelo mesmo crime.

Comente esta notícia