facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

20 de Junho de 2024, 11h:30 - A | A

POLÍCIA / GUERRA DE FACÇÕES

Pesquisa aponta Sorriso como a 7ª cidade com maior taxa de homicídios do país

O município registrou um aumento de 18% se comparado ao ano de 2021.

THIAGO STOFEL
REPÓRTERMT



Sorriso foi o 7º município com maior taxa de homicídios do Brasil, em 2022, de acordo com o Atlas da Violência, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). O alto número se deu por conta da guerra entre o Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC), que disputam o território do Tráfico de Drogas.

LEIA MAIS - CV está perdendo poder, influência e rotas do tráfico para o PCC em Mato Grosso, aponta Atlas de Violência 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O município registrou um aumento de 18% se comparado ao ano de 2021, com uma taxa de homicídios de 70,5 no ano de 2022. O estudo considera municípios com mais de 100 mil habitantes.

Reprodução

Município de Sorriso

Pesquisa aponta Sorriso como 7º cidade mais violenta do país

O estudo aponta que o aumento se deu pelo fato de que a facção Comando Vermelho estar perdendo forças nas principais rotas de drogas de Mato Grosso para a organização rival, o Primeiro Comando da Capital. Por conta dessa disputa, o número de homicídios na região Norte do Estado disparou.

Historicamente, o CV sempre atuou de forma predominante no território mato-grossense e dominou todas as rotas do tráfico de drogas, principalmente nas regiões de fronteira com a Bolívia e Paraguai.

Porém, isso mudou desde o fim de 2022, quando alguns membros do Comando Vermelho, que estavam descontentes com a liderança da facção, decidiram deixar a organização e formaram a Tropa Castelar, que acabou se aliando ao PCC, que atua principalmente na região do município de Sorriso.

Desde então, o estado de Mato Grosso vem sofrendo com uma onda de execuções, principalmente nas cidades fronteiriças, onde são conhecidos por serem região da “Rota do Tráfico”.

Histórico

Em 2023, Sorriso ficou classificada como a 6ª cidade mais violenta de todo o Brasil, com uma das maiores taxas de homicídios a cada 100 mil habitantes. Os dados foram levantando pelo 17º Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Conforme os dados do anuário, em 2022 Sorriso teve 70,5 homicídios a cada 100 mil habitantes. A cidade do nortão é a única de Mato Grosso entre as 50 mais violentas do país. 

Leia mais: Sorriso é classificada como a 6ª cidade mais violenta do Brasil em 2022

Comente esta notícia