facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 14 de Julho de 2024
14 de Julho de 2024

24 de Setembro de 2017, 18h:04 - A | A

POLÍCIA / VIOLÊNCIA URBANA

Irmãos reagem a assalto em distribuidora; um deles é baleado na boca

Ambos foram socorridos e levados ao Pronto-Socorro de Várzea Grande. O estado deles é considerado grave.

CAMILA PAULINO
DA REDAÇÃO



Os irmãos e empresários F.G.de S., de 48 anos, e E.G., de 54 anos, foram atingidos por disparos de arma de fogo, efetuados por dois criminosos durante assalto à distribuidora deles, no bairro 24 de Dezembro, em Várzea Grande, na manhã deste domingo (24).

De acordo com relatos das vítimas aos policias militares, a dupla de criminosos chegou ao local em uma motocicleta vermelha. Os bandidos estavam armados, invadiram a empresa por volta de 9h e anunciaram o assalto.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Um deles usava uma camiseta de uma empresa de telefonia e internet.

Os criminosos obrigaram clientes e outros funcionários do local a irem para a câmara fria, onde ficam as bebidas.

Os comerciantes reagiram ao assalto e acabaram baleados. F. levou um tiro na orelha e o irmão dele foi baleado na boca. Ambos foram socorridos e levados ao Pronto-Socorro de Várzea Grande. O estado deles é considerado grave.

Depois da tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte), os dois bandidos fugiram do local sem levar nada. A Polícia Militar fez rondas na região e não encontrou os criminosos.

O caso passa a ser investigado pela Polícia Judiciária Civil (PJC) que aguarda o laudo pericial do local para dar andamento ao caso. Imagens do circuito de segurança devem ser levantadas e depoimento de testemunhas vão ser coletados para ajudar a desvendar o crime e localizar os criminosos.

Outros casos

Em Cáceres (205 km à Oeste da Capital), uma dupla de criminosos em uma motocicleta, atirou e matou Juliano Marchesi, de 41 anos, dono de um lava jato, na tarde deste sábado (23).

As imagens de segurança da rua mostram dois criminosos em uma motocicleta preta acompanhando a caminhonete. Ao passar do lado do veículo, o bandido que estava na garupa faz os disparos.

Após ser baleado, o empresário gravemente ferido perdeu o controle da caminhonete e bateu em um poste de energia. Ele morreu logo após dar entrada no hospital.

Em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), na manhã de sábado (23), o empresário Altair José Bastos, 54 anos, um dos pioneiros da cidade, foi assassinado com um tiro na cabeça.

Três bandidos invadiram a empresa, renderam o proprietário e funcionários. Eles exigiram uma quantia em dinheiro que supostamente estaria em um cofre do estabelecimento.

Durante o crime, um dos assaltantes atirou a cabeça do empresário, que morreu na hora. 

 

Leia mais

Dono de lava jato é assassinado à luz do dia; bandidos fogem

Bandidos matam empresário pioneiro em Sinop com tiro na cabeça

Comente esta notícia