Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

17 de Novembro de 2016, 20h:44 - A | A

POLÍCIA / DELEGADO AFIRMA

Estuprada pelo pai e irmão, menina de 12 anos pode não se recuperar de trauma

A menor perdeu a mãe, vitima de câncer, há aproximadamente dois meses o que dificulta ainda mais a recuperação, diz o titular da Deddica

FRANCISCO BORGES
DA REDAÇÃO



A garota de apenas 12 anos de idade violentada sexualmente pelo próprio pai e pelo irmão, Djalma Tenório Santos, 54 anos e Djalma Tenório Santos Júnior, 24 anos, respectivamente, vivia sobre condições totalmente insalubres, em Cuiabá. Conforme entendimento do titular da Delegacia Especializada na Defesa da Criança e Adolescente (Deddica), Eduardo Botelho, a tortura que essa menina viveu pode ser irrecuperável.

O chefe da Deddica comentou que a mãe da menina teria faleceu recentemente vítima de câncer, fato que prejudicaria ainda mais o seu psicológico. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Botelho disse à reportagem que iniciou os trabalhos por meio de denúncias anônimas e que nelas continham a informação das condições de sujeira no ambiente onde ela morava. Segundo ele, a partir disso a Deddica começou a investigar mais a fundo o caso.  

“Assim que recebemos a denuncia nos deslocamos até o local para fazer a averiguação das condições insalubres. Realmente havia a condição insalubre, fato que nos fez acionar o Conselho Tutelar para providências”, disse o delegado.

De posse da informação, o Conselho se foi até o local e retirou a menina do convívio extremamente precário e de perto do pai e do irmão, pois já havia indícios de práticas de crimes, e a levou para os cuidados dos avós.

“A menina foi entregue para a avó materna para que ela não tivesse mais acesso aquele local onde ela morava com o pai e irmão”, completou.

O pai e o irmão dela foram presos e responderão pelo crime de estupro de vulnerável. A menina fez exames psicológicos e, apesar do abalo, não já sofre mais com violência sexual, pelo menos. 

O caso

Policiais da Deddica prenderam na tarde da última quarta-feira (16), o pai e irmão de uma garota de apenas 12 por terem a estuprado há vários anos. Eles foram capturados no estabelecimento comercial de propriedade da família, localizado na Avenida Isaac Povoas, em Cuiabá.

A menina era estuprada na casa dos fundos do bar onde vivia com o irmão. O local é pequeno e conta apenas com poucos cômodos.

Leia mais sobre esse assunto:

Menina de 12 anos era estuprada há 7 anos pelo pai e pelo irmão

Comente esta notícia

Joilca 18/11/2016

Essa menina esta mentindo , conheco eles desde quando ela nasceu, ela nunca morou no bar ela morava na morada do ouro, ela falou que trabalhava como garconete no bar e e mentira pq ela nao ficava no bar pq o pai nao deixava, o irmao morava aa3xo ao bar con a esposa, e dois filhos ja fazia 4 anos que ele nao ia na residencia onde ela morava com o pai fico peeplexa como uma menina de 12 anos consegue enventar tamanha mentira

Rosana 17/11/2016

Que me casa espanto..a família depois da morte da mãe não visitava está criança.. ninguém viu meses anos o sofrimento dela...a mãe tava doente...e o resto.. família.. professores...por Deus... é impossível. Que os monstros não deixassem vestígio

2 comentários

1 de 1