facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 23 de Junho de 2024
23 de Junho de 2024

20 de Dezembro de 2022, 10h:58 - A | A

POLÍCIA / EXAME DESMENTE VERSÃO

Estudante nega ter sido agredida por apresentador de TV e diz que "se bateu"

Jovem prestou depoimento nessa segunda-feira na Polícia Civil e disse que sofre de ansiedade e acabou se agredindo.

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTERMT



A estudante de direito K.G.C., esposa do apresentador de TV, Lucas Ferraz, prestou depoimento à Polícia Civil nessa segunda-feira (19) e negou ter sido agredida por ele. O episódio das agressões ocorreu na noite de sábado (17), em uma confraternização na casa de amigos do casal, em Tangará da Serra (239 km de Cuiabá).

Segundo o delegado da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Tangará da Serra, Gustavo Spindula de Souza, a jovem disse que "se agrediu" por conta de uma crise de ansiedade.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

“Ela afirmou que ela mesma teria se agredido. Alegou que sofre de crise de ansiedade. Ela foi confrontada pelas testemunhas e áudios que dizem o contrário, que dizem que ela sofreu agressão do convivente, mas ela se manteve firme, falando que teria se auto agredido”, detalhou Gustavo Spindula.

Leia mais

Apresentador é acusado de agressão contra esposa e demitido de TV

Apresentador já foi demitido após acusação de ameaça

Diretor de TV socorreu esposa de apresentador; "Saiu com ele do hospital e não quis denunciar"

Mulher espancada por apresentador de TV detalha momentos de terror

Porém, ainda conforme o delegado, exames prévios feitos no Instituto Médico Legal (IML) da cidade, não confirmam a versão da vítima. “O perito não concluiu o laudo ainda, mas me afirmou que as lesões que ela apresenta não poderiam ter sido feitas por ela mesma”, explicou.

Mesmo sem a representação da vítima, o delegado afirmou que foi instaurado um inquérito contra o apresentador por violência psicológica, lesão corporal e ameaça no âmbito da violência doméstica.

Áudio detalha agressão

Um áudio atribuído à esposa do apresentador traz detalhes sobre o espancamento, motivado por ciúmes, segundo boletim de ocorrência.

Na gravação de cerca de 6 minutos, obtida pelo Repórter MT, a estudante de Direito está sendo atendida por outras mulheres e mostra fala embargada. Segundo a narração, a jovem estava em uma confraternização com Ferraz na casa de amigos e não havia bebido na festa. Ainda de acordo com ela, essa não foi a primeira vez que o apresentador a agride.

Registro na PM

Segundo o registro feito pela Polícia Militar sobre o caso, na noite de sábado (17), a esposa de Lucas teria dado entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento com sinais de violência física. A direção da unidade de saúde acionou a PM, que conversou com a mulher.

Aos policiais, a vítima, que tinha diversos hematomas e inchaços no rosto, contou que estava com Lucas em uma confraternização quando teve início uma discussão motivada por ciúmes da parte dele. Irritado, o apresentador teria dado socos no rosto da esposa, causando as lesões.

Duas testemunhas confirmaram a versão da mulher, ainda de acordo com o boletim de ocorrência. O boletim termina dizendo que “o agressor/suspeito tomou rumo ignorado”.

Demissão

Lucas Ferraz era apresentador do programa Cidade Agora, mas segundo nota emitida pelo Grupo Agora de Comunicação, o profissional não faz mais parte da equipe da emissora desde esta segunda-feira.

“A decisão foi tomada após uma denúncia feita contra ele, envolvendo violência doméstica contra sua atual esposa neste último final de semana”, esclarece a emissora. No documento divulgado, o grupo ressalta que é contra qualquer tipo de violência, “em especial contra a mulher” e tem “total repúdio” pelo ocorrido.

Versão do apresentador

Nas redes sociais, Ferraz se defendeu dizendo que a história é uma “fake news” e que está sendo vítima da ação de "haters" na internet. Publicou um vídeo ao lado da esposa, em local bastante escuro, e negou as acusações.

“Tem um monte de site ligando agora, tentando entrar em contato aqui perguntando que história é essa que minha esposa estaria supostamente hospitalizada, em um hospital, depois de sofrer isso e aquilo e eu estaria foragido da polícia. Tem gente na internet agora me julgando, sentenciando e condenando. Os haters da internet. Rapaz, vão procurar o que fazer! Fake news é crime. Tem gente que quer prejudicar a vida dos outros, prejudicar a carreira dos outros, a família dos outros. Vocês vão procurar o que fazer, rapaz. Tem muita gente que torce contra, torcendo mesmo, sabe, para que o cara seja uma pessoa errada, torta. Mas pelo amor de Deus, rapaz, me respeita. Eu tenho minha família, tenho minha esposa, tenho meu filho. Vão procurar o que fazer”, disse.

Comente esta notícia