facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 23 de Junho de 2024
23 de Junho de 2024

28 de Outubro de 2022, 13h:10 - A | A

POLÍCIA / GANGUE DO PIX

Bando armado sequestra casal em Cuiabá, faz ameaças e força transferências de R$ 80 mil

Casal foi rendido quando saía para caminhar. Foram horas de agressões e ameaças, sob a mira de armas.

APARECIDO CARMO
DO REPÓRTER MT



Um casal viveu momentos de terror nas primeiras horas da manhã dessa quinta-feira (27), na zona rural de Cuiabá. Eles foram rendidos por quatro criminosos, ameaçados de morte, roubados e ainda foram obrigados a fazer transferência na modalidade pix, de cerca de R$ 80 mil.

Segundo a Polícia Militar, era por volta das 04h30 da manhã quando o homem de 50 anos e a mulher de 53 saíam de casa para caminhar. Nesse momento foram abordados por quatro bandidos armados na porta de casa e foram obrigados a voltar para a residência, sob a mira de armas de fogo.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Os criminosos eram muito agressivos e faziam diversas ameaças, agrediam com empurrões, ameaçavam de morte, perguntando por joias e pelo cofre. Eles disseram que cortariam os dedos e o pescoço das vítimas se elas não cooperassem.

Após muito tempo dentro da casa, os bandidos recolheram joias, R$ 300 em espécie, aparelhos eletrônicos e um notebook. Mesmo assim continuaram a pressionar as vítimas. Nesse momento, colocaram os dois no carro da família e saíram da residência em direção à MT-251, estrada de Chapada, depois pegaram uma rotatória que dá acesso ao Coxipó do Ouro e adentraram uma vicinal, que é próxima de um estande de tiros da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Em seguida, desceram do veículo e levaram o casal para uma região de mata. Foi nesse momento que eles começaram a pressionar os reféns para que realizassem as transferências bancárias, inclusive obrigando que eles pedissem dinheiro para outros familiares e amigos. Cerca de R$ 80 mil foram transferidos aos pelos criminosos.

Eles ameaçavam psicologicamente as vítimas e inclusive agrediram o homem com chutes e socos. Em seguida, parte do bando voltou para o carro e a família ficou com apenas um criminoso. Foi nesse momento que passou um carro da polícia próximo ao local onde eles estavam. Os bandidos fugiram e deixaram o casal sozinho.

Para a polícia, eles disseram que não pediram ajuda nesse momento porque tiveram medo que os bandidos pudessem fazer alguma coisa. Quando perceberam que estavam sozinhos, os dois reféns fugiram até uma casa próxima e pediram ajuda. Lá, foram informados que havia um estande de tiro da PRF no local e decidiram ir até lá.

Os Policiais Rodoviários Federais iniciaram diligências na região, inclusive com barreiras nas estradas e varredura na mata, com apoio da Polícia Federal e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar. Só um dos quatro bandidos foi localizado, às margens da MT-251. Ele usava tornozeleira eletrônica e portava uma arma de fogo com três munições intactas.

A Polícia Civil investiga o caso.

LEIA MAIS - Desaparecido por 5 dias, corpo de jovem de 19 anos é encontrado às margens de rio

Comente esta notícia