Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

27 de Novembro de 2016, 10h:25 - A | A

POLÍCIA / NO ESTACIONAMENTO

Bandidos roubam HB20 e tentam vender dentro do Goiabeiras Shopping

Leonardo de Almeida Siqueira e Genivaldo Junior Teixeira Barbosa foram presos no estacionamento do shopping com um carro roubado de uma casa. O "comprador" não apareceu. Eles foram presos ao fugirem após tentar sair sem pagar o estacionamento.

FRANCISCO BORGES
DA REDAÇÃO



O cabelereiro Leonardo de Almeida Siqueira, 19, e o pintor Genivaldo Junior Teixeira Barbosa, de 35 anos, foram presos pela Polícia Militar, no estacionamento do Shopping Goiabeiras, onde tentavam vender um carro HB20, roubado em um assalto à uma casa.

O que chamou a atenção da vigilância do shopping, que aconou a Polícia Militar foi o fato dos bandidos terem tantado sair do estacionamento sem pagar o valor devido, e sem obter sucesso eles abandoram o HB20 e tentaram fugir.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Vários pertences encontrados com os criminosos dão conta que eles teriam praticado um segundo assalto, a um estabelecimento localizado a menos de mil metros do shopping. Os produtos, utilizados em hospitais, teriam sido furtados de um veículo Fiat, Fiorino.

O HB20 seria repassado a um receptador, que estaria esperando para fazer o “negócio” no estacionamento do shopping. As placas do carro já tinham sido alteradas por placas frias. No entanto, segundo a Polícia, o criminoso que receberia carro não compareceu no local.

Percebendo que seriam presos, os dois bandidos deixaram o veículo dentro do estacionamento e tentaram fugir pelas escadas do shopping. Com os movimentos monitorados, a PM conseguiu interceptá-los e realizar a prisão ainda dentro do estabelecimento.

Ao checarem as placas do veículo, os PMs constataram que o HB20 teria sido roubado de uma casa, que foi invadida pelo cabelereiro e o pintor, em companhia de Edson Roberto da Silva, de 37 anos, que sob extrema violência, levaram o carro e uma TV de 39 polegadas.

Os produtos hospitalares e as placas originais do carro foram encontrados na casa de Edson, que não estava no local.

Os dois foram presos e encaminhados para a Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá e deverão responder pelo crime de assalto à mão armada. As vítimas compareceram na delegacia para o reconhecimento.

Edson Roberto da Silva continua foragido.

Álbum de fotos

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Comente esta notícia