Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

14 de Novembro de 2016, 18h:10 - A | A

POLÍCIA / AÇÃO AUDACIOSA

Bandidos quebram parede de agência bancária e levam armas e sacos de moedas

Na ação, os criminosos levaram seis armas de calibre 38 e sacos de moeda pesando 20 kg cada. Eles usaram um maçarico para abrir o cofre e também roubaram a central que registrava as imagens do circuito interno de segurança.

LUIS VINICIUS
DA REDAÇÃO



Bandidos invadiram na madrugada desta segunda-feira (14), uma agência do Banco do Brasil, no município de Pontes e Lacerda (700 km de Cuiabá).

De acordo com a Polícia Militar, os bandidos levaram seis revólveres de calibre 38, usados pelos seguranças da agência, que ficavam guardados no cofre da agência. Além do armamento, os criminosos furtaram sacos de moedas que pesam aproximadamente 20 kg cada. Para entrar no local os assaltantes quebraram uma parede, que separava a agência de um terreno baldio. Eles usaram um maçarico para abrir os cofres do da unidade.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O crime teria ocorrido durante a madrugada e o sistema de alarme não disparou. A Polícia só foi acionada, quando o gerente do banco abriu chegou ao local e percebeu o ocorrido na manhã desta segunda-feira.

Além do dinheiro e armamento, a quadrilha levou a central que capta as imagens do circuito de segurança, que é feito por uma empresa do estado de São Paulo. A ação dificulta a identificação dos criminosos.

De acordo com o capitão da Polícia Militar, Paulo Capobianco, a forma que os bandidos agiram aponta que seria uma quadrilha especializada nesse tipo de crime.  “Eles agiram usando equipamentos especializados, sabiam exatamente o que estavam fazendo. Esses bandidos não são principiantes no mundo do crime”, disse o oficial.

Os policiais ainda não sabem dizer quantos bandidos participaram da ação criminosa. A gerência do Banco do Brasil não divulgou qual a quantia de dinheiro foi levada.

A Polícia Civil investiga o crime. 

Comente esta notícia