facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 20 de Junho de 2024
20 de Junho de 2024

21 de Dezembro de 2022, 18h:55 - A | A

POLÍCIA / LESÃO CORPORAL E VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA

Apresentador de TV acusado de espancar esposa é preso

Lucas foi preso em Tangará da Serra, onde mora atualmente.

EUZIANY TEODORO
DO REPÓRTER MT



O apresentador de TV, Lucas Ferraz, acusado de espancar a esposa Katrine Gomes, de 20 anos, foi preso no início da noite desta quarta-feira (21) pela Polícia Civil de Tangará da Serra. A informação foi confirmada pelo delegado Gustavo Spíndula, titular da Delegacia da Mulher da cidade, ao Repórter MT.

O delegado Spindula pediu mandado de prisão e a Justiça concedeu, acusando Lucas pelos crimes de "lesão corporal, ameaça e violência psicológica, todos qualificados no âmbito da violência doméstica".

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Lucas foi preso em Tangará da Serra, onde mora atualmente.

Tudo começou na noite do último sábado (17). Segundo o registro feito pela Polícia Militar, a jovem deu entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento de Tangará com sinais de agressões, inclusive suspeita de ter fraturado o nariz. A direção da unidade de saúde acionou a PM, que conversou com a mulher.

Aos policiais, Katrine contou que estava com Lucas em uma confraternização do trabalho dele, TV Cidade Verde, quando teve início uma discussão motivada por ciúmes. Irritado, o apresentador teria dado socos no rosto da esposa, causando as lesões.

Duas testemunhas confirmaram a versão da mulher, ainda de acordo com o boletim de ocorrência.

No dia seguinte, Lucas Ferraz foi demitido da TV.

Um dos diretores, Alessandro Oliveira, gravou um vídeo explicando que socorreu a jovem e, mesmo assim, ela saiu do local com Lucas e não quis representar contra ele na Justiça.

Esposa diz que "se bateu"

Katrine Gomes gravou uma entrevista ao jornalista Giovani Junior, junto com Lucas Ferraz, e negou todas as acusações. Ela afirmou que toma remédios controlados e teria tido uma forte crise de ansiedade, batendo "em si mesma". No entanto, o próprio laudo do exame de corpo de delito desmente a versão, deixando claro que não teria como ela causar aqueles tipos de lesões nela mesma.

Mãe pede ajuda

A mãe de Katrine, Maria dos Milagres, mora em Palmas - TO e gravou uma entrevista para a TV Cidade Verde de Tangará, pedindo ajuda para resgatar a filha. Segundo ela, a jovem nunca teve transtornos mentais e jamais tomou medicação controlada. Para Maria, a filha está sendo forçada a mentir para "livrar a cara de Lucas".

"Aquilo ali tudo é uma farsa para defender a cara do Lucas e eu não aguento mais. Eu não estou dormindo de noite desde a hora que eu fiquei sabendo. Já fiz boletim de ocorrência. Aquele vídeo, nada é verdadeiro o que ela falou. Ali ela está sendo forçada. A minha filha não tem a voz daquele jeito. Parece que está sob efeito de remédios, de drogas. Não sei o que está acontecendo", afirmou.

Comente esta notícia

Eduardo Pedroso 22/12/2022

Se eu fosse o Pai dessa menina esse ai nunca mais teria paz na vida.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1