Cuiabá, 01 de Outubro de 2022
logo

11 de Agosto de 2022, 17h:06 - A | A

PODERES / TENTOU ENGANAR JUSTIÇA

TJ cassa decisão e volta a bloquear 15 imóveis vendidos por Éder Moraes

A Primeira Câmara de Direito Público e Coletivo atendeu ao recurso do Ministério Público do Estado (MPE).

DO REPÓRTER MT



A Primeira Câmara de Direito Público e Coletivo do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) acatou na segunda-feira (01), um pedido feito pelo Ministério Público do Estado (MPMT) e cassou decisão que desbloqueou 15 terrenos adquiridos pela empresa Brasil Central Engenharia Ltda, do ex-secretário estadual, Éder Moraes.

No entendimento do MPMT, Éder fraudou a venda, apenas para tentar escapar do bloqueio, caso os imóveis fossem arrendados em condenações de ressarcimento aos cofres públicos pelos crimes que cometeu no Governo do Estado, como de fato foram. Foi feita uma simulação de compra e venda, uma vez que a sócia da empresa que "comprou" é filha de Filadelfo dos Reis Dias, amigo de Éder.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Para a relatora do processo, desembargadora Maria Erotides Kneip, ficou evidente que houve a fraude, uma vez que a empresa tinha conhecimento de ao menos uma decisão judicial que decretou a indisponibilidade sob os imóveis.

“Diante do acima exposto, conheço do Recurso de Apelação interposto pelo Ministério Público e DOU-LHE PROVIMENTO para cassar a sentença proferida pelo juízo a quo na Ação de Embargos de Terceiros, devendo o cumprimento de sentença prosseguir até ulteriores termos”, votou a desembargadora.

Os demais integrantes da câmara seguiram o voto da relatora.

Éder se livrou da tornozeleira eletrônica há algumas semanas e é candidato a deputado estadual pelo PV.

Comente esta notícia

deovaldo 12/08/2022

MEU POLÍTICO FAVORITO,,SHOW, PRA CIMA ÉDER E AVANTE,,JÁ COMEÇOU BEM,,,ENGANAR A JUSTIÇA É O 1º QUESITO...KKKKKKKKKKKK

1 comentários

1 de 1