Cuiabá, 12 de Agosto de 2022
logo

19 de Dezembro de 2017, 16h:18 - A | A

PODERES / ORIENTAÇÃO DO PARTIDO

Ministro Kassab diz que Fávaro deve manter aliança com Taques

O presidente nacional do PSD, o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, declarou que o próprio vice-governador Carlos Fávaro teria comentado a intenção de permanecer na chapa ao lado do PSDB do governador Pedro Taques.

CAROL SANFORD
DA REDAÇÃO



O presidente nacional do PSD, ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, afirmou que a intenção é de que a sigla permaneça na base aliada ao governador Pedro Taques (PSDB), assim como haja a manutenção de Carlos Fávaro (PSD) como vice-governador na chapa majoritária, para as eleições em 2018.

“Já temos uma vaga majoritária com o vice-governador”, limitou-se a declarar Kassab.

Kassab esteve em Cuiabá nesta terça-feira (19) para o lançamento do programa 'Internet para Todos', no Palácio Paiaguás.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O ministro declarou que o próprio Fávaro teria comentado a intenção de permanecer na chapa ao lado do PSDB.

“Temos uma aliança hoje no Estado e essa aliança vai bem. O entendimento entre o PSD e o PSDB é o melhor possível e entre o governador e o vice-governador também. O sentimento exteriorizado por Fávaro é de dar continuidade à aliança”, disse Kassab.

O questionamento foi feito ao líder nacional do PSD, uma vez que membros da legenda no Estado vem defendendo que Fávaro dispute o Governo contra Taques, nas próximas eleições. Há também a informação de que o vice-governador poderia ser candidato ao Senado.

“Já temos uma vaga majoritária com o vice-governador”, limitou-se a declarar Kassab.

Ainda de acordo com o presidente nacional, a orientação do PSD é de o partido forme boas chapas proporcionais, com bons candidatos a deputados federais e estaduais.

“Em Mato Grosso, o PSD está sendo muito bem conduzido pelo vice-governador, que tem plena autonomia para encontrar o caminho do partido. Além da participação na majoritária, ocupando um espaço importante no cenário das políticas estaduais, precisamos trabalhar bons programas e garantir boas chapas para deputados estaduais e federais”, comentou o ministro.

Comente esta notícia