Cuiabá, 29 de Setembro de 2022
logo

19 de Agosto de 2022, 18h:30 - A | A

PODERES / VARÍOLA DOS MACACOS

Emanuel anuncia medidas de combate nesta terça-feira

As 7 vítimas infectadas estão em isolamento e devem permanecer assim até o desaparecimento completo das lesões

DAFFINY DELGADO
DO REPÓRTER MT



O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou na manhã desta sexta-feira (19), que poderá anunciar na próxima semana, medidas de prevenção conta a doença monkeypox - conhecida como varíola dos macacos. Somente na Capital, já foram registrados sete casos e há outros seis suspeitos ainda em análise.

Em entrevista, o Chefe do Executivo Municipal afirmou que se reuniu por meio de uma videoconferência com a secretária da pasta e pediu um relatório, que deverá ser entregue na próxima segunda-feira (22).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

“Eles vão me entregar um relatório na segunda-feira para que eu possa reunir à tarde. Se for o caso, dependendo do relatório, vou tomar algumas medidas que serão anunciadas na minha live de terça-feira, se for o caso”, afirmou.

Medidas podem ser semelhantes às adotadas contra covid-19, como por exemplo uso de máscaras e álcool 70% para prevenir a doença.

A Vigilância Epidemiológica está monitorando os casos em Cuiabá. Os últimos três deles foram identificados em homens, sendo dois de 27 anos e um de 30 anos, sem histórico de viagens.

Leia mais 

Capital tem sete casos confirmados de varíola dos macacos

As vítimas infectadas estão em isolamento e devem permanecer assim até o desaparecimento completo das lesões.

Transmissão

A transmissão entre humanos pode ocorrer por secreções respiratórias (gotículas), através de lesão na pele (mesmo que não seja visível), por meio de objetos recentemente contaminados e por meio de fluidos corporais e secreções das membranas mucosas (olhos, nariz ou boca).

Pessoas que apresentarem sintomas devem procurar atendimento médico e informar se tiveram contato com animal ou humano doente ou material contaminado ou viagem para o exterior no último mês antes do início dos sintomas.

Comente esta notícia