facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 23 de Junho de 2024
23 de Junho de 2024

15 de Novembro de 2022, 16h:57 - A | A

PODERES / VEJA FOTOS

Centenas de mato-grossenses se unem a protestos contra vitória de Lula em Brasília

Eles se uniram a manifestantes de todo o país no QG do Exército

THAIZA ASSUNÇÃO
DO REPÓRTER MT



Centenas de mato-grossenses se uniram a manifestantes de todo o Brasil no Quartel Geral (QC) do Exército, em Brasília, para protestar contra o resultado da eleição presidencial de Luiz In[acio Lula da Silva (PT) e pedir uma intervenção militar no país. 

A manifestação contra a vitória de Lula se intensificou no local nesta terça-feira (15), feriado da Proclamação da República, onde vários protestantes estão acampados há semanas.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Vestidos de verde e amarelo, os mato-grossenses carregam faixas afirmando que o "Brasil foi roubado" e que "Um país sem transparência, não é democrático".  Apesar de muitas pessoas reunidas, uma forte chuva atrapalhou o movimento.

“A manifestação foi boa. Deu muita gente, porém a concentração maior seria por volta de 12h, só que umas 11h40 caiu um dilúvio e todo mundo ficou enxarcado”, disse Rafael Yonekubo, coordenador da do grupo "Direita Mato Grosso", ao Repórter MT.

Ele afirmou que seu grupo precisou retornar para Cuiabá, porque muitos têm compromissos amanhã (16). “Mas quando estávamos saindo, a chuva tinha dado uma amenizada e já tinha muita gente no Quartel”, afirmou.

Conforme Yonekubo, a maioria dos mato-grossenses vai continuar em Brasília. “O pessoal vai continuar acampado lá. Não tem dia para acabar [a manifestação]”, afirmou.

No total, 150 ônibus partiram do Estado rumo à Capital do país, além de carros e caminhões, desde a semana passada. 

Os protestos contra o resultado da eleição presidencial tiveram início no último dia 30 de outubro, assim que o resultado das urnas foi divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

Em Mato Grosso, um dos estados com maior número de manifestações, apesar de Jair Bolsonaro (PL) ter vencido com folga entre os mato-grossenses, chegou a haver 85 pontos de bloqueios em rodovias, de acordo com o Governo do Estado.  

Veja fotos: 

Protesto Brasília

 

Protesto Brasília

 

Protesto Brasília

 

Protesto Brasília

 

Protesto Brasília

 

Protesto Brasília

 

Comente esta notícia

Fenix 15/11/2022

Calma logo logo teremos transparência, é só quebrar os sigilos de 100 anos e traremos luz ao atos corruptos do governo bolsonaro (bate na madeira 3 vezes) kkkkk

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1