facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Julho de 2024
19 de Julho de 2024

26 de Outubro de 2017, 13h:13 - A | A

PODERES / NA JUSTIÇA

Blogueiro tenta 'barrar' aposentadoria de Antonio Joaquim

O blogueiro Claudio Natal argumentou que Antonio Joaquim não está apto à aposentadoria e que deveria responder a um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) por ter sido afastado do cargo por determinação do STF.

CAROL SANFORD
DA REDAÇÃO



Uma ação popular, proposta pelo blogueiro Cláudio Roberto Natal Júnior, quer impedir o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Antonio Joaquim, de se aposentar.

O processo foi encaminhado para a Vara de Ação Civil Pública e Popular e está concluso para despacho. A ação foi assinada pela advogada Lais de Souza Oliveira no dia 22 de outubro.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

“É um bandidozinho, que usa um site para falar mal do Antonio Joaquim o dia inteiro. O conselheiro já moveu 6 ou 7 ações contra ele por isso e essa ação popular pode ser um revide”, disse o advogado de Antonio Joaquim.

O conselheiro protocolou pedido de aposentadoria no dia 12 de setembro e teve o requerimento aprovado pelo Pleno do TCE. O pedido aguarda sanção do governador Pedro Taques (PSDB).

O blogueiro argumentou que Antonio Joaquim não está apto à aposentadoria e que deveria responder a um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) por ter sido afastado do cargo por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF).

Requer a expedição de fotocópia deste processo à Corregedoria do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, para fins de abertura de sindicância, PAD, e apuração dos fatos graves cometidos pelo requerido no uso do cargo”, escreveu Natal, na ação.

Entre outros argumentos contrários à aposentadoria, Natal acusa o conselheiro de tráfico de influência em uma suposta disputa de terras e uma série de supostas irregularidades.

O blogueiro ainda requer que o Estado seja multado, caso acate o pedido de aposentadoria do conselheiro, e que as denúncias contra ele sejam investigadas pelo Ministério Público do Estado e Procuradoria-Geral do Estado.

Outro lado

O advogado José Antonio Rosa, que faz a defesa de Antonio Joaquim, declarou que a ação do blogueiro não deve ser deferida pela Justiça, uma vez que o conselheiro possui o direito adquirido pela aposentadoria.

Em relação às acusações de Natal, José Rosa apontou que Antonio Joaquim já processou o blogueiro em outras ocasiões.

“Ele usa um site para falar mal do Antonio Joaquim o dia inteiro. O conselheiro já moveu 6 ou 7 ações contra ele por isso e essa ação popular pode ser um revide, mas acredito que não vai para lugar nenhum”, disse o advogado.

Comente esta notícia

Marcio Cuiabano 27/10/2017

O bandidozinho, contra os bandidões! É Bem Mato Grosso!

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1