Cuiabá, 06 de Dezembro de 2022
logo

18 de Dezembro de 2016, 14h:30 - A | A

PAPO RETO / HERANÇA AMARGA

Pátio acusa Percival de "inchar" máquina e comprometer as finanças

DA REDAÇÃO



A transição entre o prefeito Percival Muniz (PPS) e o eleito Zé do Pátio (SD), em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), não parece ser das mais tranquilas. Pátio tem reclamado constantemente de Muniz e o acusa de "inchar" a Prefeitura com a convocação de servidores aprovados em concursos público, contrariando uma recomendação do Ministério Público Estadual (MPE).

Nas últimas semanas, Percival chamou 347 aprovados para a área de Saúde, 72 do setor de gestão administrativa e 10 assistentes sociais, entre outros. Desse total, 91 são técnicos de enfermagem. Além disso, no mês passado, o (ainda) prefeito convocou 75 professores, que só devem iniciar os trabalhos no fim de janeiro de 2017, por conta do período de férias. Essa ação deve gerar uma despesa mensal de quase R$ 200 mil para os cofres municipais.

Pátio já colocou a boca no trombone e afirmou, em entrevista recente, que, diante desse quadro, não terá como cumprir com o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) de 2017 e também manter o compromisso de pagar os salários dos servidores em dia.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia