Cuiabá, 05 de Dezembro de 2022
logo

25 de Dezembro de 2016, 10h:14 - A | A

PAPO RETO / MÁFIA DA EDUCAÇÃO

MPE pode recorrer da decisão de juíza que soltou Alan Malouf

DA REDAÇÃO



Solto no começo da noite de sábado (24), por decisão da juíza plantonista Maria Rosi Borba, o empresário Alan Malouf pode voltar para a prisão. O Ministério Público Estadual (MPE) estaria na iminência de recorrer da decisão que revogou a preventiva do dono do Bufett Leila Malouf, acusado de ser um dos cabeças de um esquema de corrupção na Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

A prisão de Alan foi decretada pela juíza Selma Arruda, a pedido do Gaeco, há mais de dez dias. Ele se entregou à Justiça após a deflagração da Operação Grão Vizir".

Caso o MPE recorra, o pedido vai ser analisado pelo Tribunal de Justiça, após o final do recesso, depois do dia 5 de janeiro. Até lá, o empresário pode curtir o resto do Natal e as festas de fim de ano.

 

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia