Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

17 de Dezembro de 2016, 16h:11 - A | A

PAPO RETO / TRAGÉDIA DA CHAPE

Ex-Luverdense anda, chora, fala em milagre e quer jogar

DA REDAÇÃO



Primeiro sobrevivente brasileiro do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense a ter alta, o lateral Alan Ruschel concedeu uma entrevista neste sábado (17),  em Chapecó, e disse que estar andando é um milagre. Emocionado antes mesmo de começar a fala, o jogador, um dos seis sobreviventes da tragédia do dia 29 de novembro, conseguiu manter a calma e responder à maioria das perguntas sem pausas. Ele também expressou muita gratidão com o tratamento que recebeu na Colômbia e no Brasil desde que acordou na clínica em Medellín.

"Um momento que caiu aquele avião Deus me pegou no colo e falou que eu tinha mais missão aqui na terra, por isso ele não me levou. A única explicação, são dois milagres: eu estar vivo e o milagre de eu poder estar andando. Os médicos falaram que foi uma lesão grave que eu tive na coluna. Poder estar andando, é milagre de Deus", afirmou o jogador, que foi ídolo no Luverdense, time de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte de Cuiabá), que disputa a Série B do Brasileirão.

Ao longo da entrevista, Alan Ruschel voltou a se emocionar, chorou em alguns momentos, mas também mostrou bom humor e fez planos para o futuro. Ele, inclusive, disse que em seis meses espera voltar ao futebol.

Confira AQUI a íntegra da entrevista com Alan Ruschel.

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia