Cuiabá, 02 de Dezembro de 2022
logo

04 de Dezembro de 2016, 08h:50 - A | A

PAPO RETO / TRAGÉDIA DA CHAPE

Ex-atleta do Luverdense foi salvo por garoto de 15 anos

DA REDAÇÃO



O resgate de algumas vítimas da tragédia da Colômbia - quando um avião caiu, na semana passada perto de Medellín e matou o time inteiro da Chapecoense - foi possível graças a um garoto de 15 anos. Johan e o irmão Miguel Ramirez estavam tranquilos, vendo televisão na fazenda em que moram, quando escutaram um forte estrondo. O barulho era o avião da Lamia que levava o elenco da Chapecoense para Medellín, que havia acabado de cair.

A queda causou morte de 71 pessoas. Mas seis se salvaram. Cinco com a ajuda dos dois - um deles era o lateral Alan Ruschel, que foi ídolo do Luverdense, time de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte de Cuiabá), que disputa a Série B do Brasileirão.

Segundo o pai do menino, Johan chegou a discutir com um bombeiro, e Miguel achou melhor tirá-lo para evitar que uma confusão atrapalhasse o resgate.Divididos com as equipes de resgate, Miguel e Johan assumiram o papel de guiar os bombeiros em uma região que eles não conheciam muito bem. O conhecimento da dupla se dava pelo fato deles morarem a quatro minutos do local da queda.

Leia mais AQUI.

 

 

 

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

Nico 04/12/2016

Toda tragedia tem seus heróis...

1 comentários

1 de 1