facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Junho de 2024
19 de Junho de 2024

21 de Maio de 2024, 17h:45 - A | A

PAPO RETO / AUMENTO DE 30%

Conab suspende importação de arroz e Fávaro critica especulação do Mercosul

DO REPÓRTER MT



O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro (PSD), afirmou que o governo federal pode buscar arroz em outro lugar, caso os países do Mercosul resolvam continuar especulando os preços do cereal.

Leia mais: Mercados de Cuiabá limitam quantidade de arroz por cliente e associação prevê alta dos preços

A importação do arroz foi anunciada por causa da catástrofe climática que atingiu o Rio Grande do Sul, comprometendo parte da safra. O estado gaúcho é responsável por 70% da produção nacional do grão.

Com o leilão a todo o vapor, os países do Mercado Comum do Sul elevaram os preços em 30%, na tentativa de lucrar sobre os brasileiros. A compra que seria feita pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) teve que ser suspensa nesta terça-feira (21).

Leia também: Conab assegura que não irá faltar arroz: "Se as pessoas comprarem para estocar, aí teremos problema"

"Nós demos uma demonstração ao Mercosul de que, se for querer especular, nós buscamos de outro lugar. Certamente, eles vão voltar para a realidade porque não é justo", disse o ministro ao G1.

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia