Cuiabá, 06 de Outubro de 2022
logo

18 de Dezembro de 2013, 16h:36 - A | A

PAPO RETO / PATINHO FEIO

Caça sueco, ainda em fase de testes, será o novo vetor da FAB; custo é de R$ 10 bi

DA REDAÇÃO
COM PORTAL TERRA



A presidente Dilma Rousseff escolheu o caça sueco Gripen NG, da Saab, como opção final do programa FX-2. Fontes militares e diplomáticas confirmaram resultado oficial, que será divulgado em coletiva de imprensa pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, e o comandante da Aeronáutica, Juniti Saito. A opção pelo jato sueco era a última entre os três finalistas, uma vez que o avião está em desenvolvimento e ainda não foi provado em combate.

O Rafale, da francesa Dassault, preferido do ex-presidente Lula, acabou rejeitado por Dilma por conta do alto preço de contrato e custo de manutenção. Já o F-18, da Boeing, preferido da FAB, tornou-se uma opção política inviável depois do escândalo de espionagem da agência NSA americana.

O anúncio põe fim a um processo que começou em 1998, ainda no governo Fernando Henrique, e foi sucessivamente adiado. São adquiridos um primeiro lote de 12 aeronaves, em um total de 36. O maior problema do caça é que se trata ainda de um 'protótipo".  O contrato de compra é de quase R$ 10 bilhões.  

terra

Caça sueco, ainda em fase de testes, será o novo vetor da FAB

 

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia