facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 23 de Junho de 2024
23 de Junho de 2024

09 de Novembro de 2022, 08h:23 - A | A

OPINIÃO / WANDERSON CORRÊA

A nova onda do piercing



Adornar de acordo com o dicionário significa: embelezar, fazer com que algo fique atraente. Esses são os sentimentos das pessoas que me procuram.

Enfeitar-se com perfurações feitas com objetos metálicos e assépticos é uma tradição que existe ao menos há 5 mil anos, na sociedade, mas antigamente, perfurar o corpo significava uma decisão, um rito sagrado ou um status social.

A palavra piercing que conhecemos e utilizamos até hoje tem origem na língua inglesa e significa perfuração.

É muito comum hoje em dia ver esse tipo de modificação corporal em pessoas de diversas idades em diferentes partes do mundo.

Os egípcios foram extremamente vaidosos e os brincos e piercings eram presentes em sua cultura.

Em diversas múmias egípcias foram identificadas perfurações na orelha, demonstrando que esses povos já eram adeptos à perfuração.

Entre os egípcios homens e mulheres usavam piercings, porém apenas os que tinham um status social elevado.

Afinal, essas perfurações simbolizavam poder, inclusive o Faraó era o único egípcio que usava piercing no umbigo, representando todo seu poder social.

Já os imperadores e soldados romanos também eram adeptos dos piercings no mamilo, e era um símbolo de virilidade.

O adorno tinha o propósito de ajudar as pessoas com problemas respiratórios, eles também usavam piercings na língua, mas com um sentido religioso.

As mulheres europeias valorizavam a aparência do busto, por isso, tentavam melhorá-los com piercings, no século XIX, algumas usavam argolas em

seus mamilos. Os adornos eram perfurados e muitas vezes se conectavam um com o outro, já que elas acreditavam que essa mudança corporal traria resultados positivos para que seus seios crescessem mais bonitos.

Segundo uma passagem do Kama Sutra, o piercing na genitália masculina proporciona mais prazer ao casal.

A prática da perfuração e o uso do piercing pode ser até ser usado para fins medicinais, muitas pessoas estão recorrendo ao Daith Piercing para combater enxaquecas.

E temos a nova moda, o conch piercing, que consiste na perfuração feita em um lugar bem ao centro da orelha, trazendo com isso um resultado bem fofo! O piercing nessa região tem sido um hit entre celebridades.

Com tantas opções para se adornar, é importante saber os cuidados necessários na pós-perfuração, por exemplo, ter uma rotina saudável e cuidados com o local perfurado, pois caso a perfuração seja negligenciada, ela acabará causando problemas, principalmente por causa de maus hábitos como brincar com a jóia, já que o furo não cicatrizará corretamente, além disso, não é recomendável dormir sobre a incisão.

E escolha um profissional confiável que te dê suporte e segurança!

Wanderson Corrêa é body piercer.

>>> Siga a gente no Twitter e fique bem informado

Comente esta notícia