Cuiabá, 02 de Outubro de 2022
logo

06 de Dezembro de 2013, 14h:00 - A | A

OBRAS DA COPA / MOBILIDADE

Secopa libera totalmente o trânsito na Trincheira Ciríaco Cândia

Funcionamento total da via que interligará ao complexo do Verdão será liberado apenas com a inauguração da Trincheira do Santa Izabel

MAYARA MICHELS
DA REDAÇÃO



Já está totalmente liberado o tráfego de veículos, nos dois sentidos, da Trincheira Ciríaco Cândida, inaugurada na última segunda-feira (02). Por meio da assessoria de imprensa, a Secopa informou que os reparados no acabamento e iluminação da obra foram concluídos na tarde de quinta (05).

Segundo informações de trabalhadores da região, na quarta-feira (04) uma das pistas foi liberada, sentido o bairro Santa Rosa. No outro sentido, os motoristas precisaram pegar o desvio.

Com uma arquitetura em formato de uma alça, a trincheira Ciríaco Cândia tem 459 metros de extensão e faz parte do plano B de locomoção entre aeroporto-arena e aeroporto-rede hoteleira.

Durante a inauguração da obra, o secretário Extraordinário da Copa do Mundo, Maurício Guimarães já havia adiantado que, mesmo com a liberação desta obra, o funcionamento total da avenida neste trecho só ocorrerá só depois da liberação da Trincheira do Santa Izabel, que dará acesso ao Verdão. Por enquanto a trincheira dará acesso apenas à Avenida Mário Andreazza.

A data prevista para a entrega da trincheira do Bairro Santa Izabel  é março de 2014. Segundo a Secopa, a próxima obra a ser inaugurada é o viaduto da Sefaz, ainda nesta primeira quinzena de Dezembro.

SOBRE A TRINCHEIRA

A trincheira Ciríaco Cândia/Mário Andreazza é o menor projeto em extensão do pacote de mobilidade urbana, com 459 metros de comprimento e uma arquitetura diferenciada, no formato de uma alça. Quem vem desse ponto da Perimetral, aonde a circulação de veículos em duplo sentido chegava a média de 1700 hora/pico, deverá passar pela alça de acesso construída sobre a obra apelidada de “trincheirinha” para continuar em direção ao Centro. Executada pela Métrica, no valor de valor de R$ 7,6 milhões, a trincheira integra o pacote de obras de acesso à Arena Pantanal, com recursos do BNDES.

Comente esta notícia