Cuiabá, 06 de Outubro de 2022
logo

16 de Novembro de 2013, 08h:33 - A | A

OBRAS DA COPA / VIADUTO DO DESPRAIADO

Elevado da Miguel Sutil será inaugurado nesta segunda pelo governador

Viaduto integra pacote de obras de travessia urbana para Copa do Mundo da Fifa 2014

DA REDAÇÃO



O viaduto do bairro do Despraiado, na av. Miguel Sutil, será inaugurado as 19h30 da próxima segunda-feira (18.11). Projetada para dar grande fluidez da Perimetral, o elevado deverá ser a melhor opção para quem sai da região do CPA para Várzea Grande. A realização do projeto do viaduto do Despraiado faz parte das ações de mobilidade urbana para Copa do Mundo da Fifa 2014.

A edificação possui 325 metros de comprimento e nove de altura em seu ponto mais elevado, com quatro faixas totais, duas de fluxo e contra fluxo no viaduto e outra duas nas marginais, além de uma rotatória embaixo do elevado. Em horário de pico, cerca de 9 mil veículos passam por essa região, de acordo com o estudo de fluxo veicular das principais vias e cruzamentos contratado pela Secopa.

Além da construção do viaduto e pistas marginais, foram feitos serviços complementares de pavimentação, sinalização, iluminação e calçamento desde a entrada da av. Marechal Deodoro até o trecho de acesso ao Centro de Eventos do Pantanal, totalizando 1,8 Km.

Aproximadamente 100 colaboradores atuaram na execução da obra, entre operários, técnicos, escritório e engenharia.

A OBRA

A pista do viaduto recebeu camada asfáltica diferenciada, adequada para regiões de alta temperatura e intenso fluxo de veículos. “A adição de polímeros ao asfalto altera substancialmente seu comportamento e características mecânicas em uma ampla faixa de temperatura, ou seja, as propriedades físicas do asfalto se tornam melhores”, explica Sampaio.

O engenheiro esclarece também que a utilização desse tipo de revestimento em cidades de elevada temperatura, como é o caso de Cuiabá, representa um incremento na resistência do pavimento ao envelhecimento, às deformações, e à aderência dos veículos no contato com a pista.

A iluminação do trecho é feita por luminárias de LED, que fornecem luz branca e mais intensa, com maior durabilidade e economicidade que as lâmpadas de vapor de sódio (luz alaranjada), comumente utilizadas em vias urbanas.

Fruto de um convênio com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a obra foi executada pelo consórcio Atracon, no valor de R$ 18,9 milhões.

Álbum de fotos

Mayke Toscano

secom

Obra é uma das maiores do pacote de mobilidade urbana para Copa

Secopa-MT

Secopa-MT

Secopa-MT

Comente esta notícia