Cuiabá, 29 de Novembro de 2022
logo

21 de Novembro de 2016, 13h:57 - A | A

NACIONAL / 781 AGÊNCIAS SERÃO FECHADAS

Banco do Brasil anuncia fechamento de agências e plano de aposentadoria voluntária

Com o processo de redução de agências, o banco pretende abrir 255 unidades de atendimento digital em 2017.

EXTRA GLOBO



O Banco do Brasil anunciou plano de reestruturação que prevê o fechamento de agências e o incentivo a um plano de plano de extraordinário de aposentadoria incentivada. Ao todo, 781 agências de um total de 5.430 deixarão de existir, o que corresponde a 14%. Dos pontos fechados, 379 serão convertidos em postos de atendimentos, uma versão menor e mais barata de servir ao cliente. As outras 402 serão desativadas, sendo que outras 51 agências já começaram a ser fechadas ainda em outubro.

O Conselho de Administração do Banco do Brasil aprovou no domingo o conjunto de medidas de reorganização institucional, que será implementado ao longo de 2017. A economia anual com despesas administrativas, exceto pessoal, é estimada em 750 milhões de reais. Simultaneamente ao processo de redução de agências, o banco pretende abrir 255 unidades de atendimento digital em 2017. Com isso, o banco espera elevar dos atuais 1,3 milhão para 4 milhões o número de clientes atendidos por esse canal até o fim do ano que vem.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Plano de aposentadoria

O plano de aposentadoria incentivada, com período de adesão voluntária até 9 de dezembro, que tem como público alvo 18 mil funcionários que já reúnem as condições para se aposentar. Para incentivar a adesão, o banco vai oferecer valor correspondente a 12 salários, além de indenização por tempo de serviço, que varia de 1 a 3 salários, dependendo do tempo de empresa.

O BB também vai oferecer redução de jornada de 8 para 6 horas diárias a 6 mil assessores da direção geral e superintendências, com objetivo de diminuir em 16,25 por cento o salário médio.



Comente esta notícia