facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 14 de Julho de 2024
14 de Julho de 2024

01 de Novembro de 2017, 09h:45 - A | A

GERAL / TRAGÉDIA EM FAMÍLIA

Morre mulher vítima de incêndio causado por explosão de botijão de gás

O marido e o filho dela continuam internados em estado grave. A vizinha da família também teve parte do corpo queimado.

CAMILA PAULINO
DA REDAÇÃO



A jovem Pâmela Tais dos Santos, de 21 anos, morreu na noite de terça-feira (31) após ter o corpo totalmente queimado em decorrência da explosão de um botijão de gás que causou incêndio na quitinete onde ela morava. O caso foi registrado na madrugada de terça-feira (31), em Alta Floresta (796 km ao Norte de Cuiabá).

Ela estava internada em estado gravíssimo no Hospital Regional de Alta Floresta, assim como o marido Joelson Jantsch, de 32 anos, o filho de 2 anos e a vizinha, de 16 anos. Todos foram atingidos pelas chamas.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Repórter MT/Arquivo Pessoal

pamela

A jovem Pamela Taís dos Santos, de 21 anos, morreu ao ter 100% do corpo queimado em explosão

 

A morte da jovem foi confirmada pela assessoria da Secretaria de Estado de Saúde (SES), que falou ao que o marido de Pâmela teve o estado de saúde estabilizado e foi transferido ao Hospital Regional de Sorriso.

Ele sofreu queimaduras de 2º e 3º grau em 80% do corpo e segue internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital de Sorriso.

O menino de dois anos teve queimaduras de 2º grau em quase 40% do corpo e aguarda ser estabilizado para também ser transferido ao Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, para o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ).  Ele segue internado em estado grave.

A adolescente sofreu queimaduras de 2º grau nas pernas e braços. Ela está internada em estado moderado e passa bem.

O caso

De acordo com um soldado do Corpo de Bombeiros, a explosão ocorreu por volta de 5h na quitinete localizada no bairro Jardim das Oliveiras.

A causa do incidente foi um vazamento na mangueira de gás, que fica conectada ao fogão. A mulher foi acender um cigarro e ocasionou a explosão.

Ao todo, seis agentes do Corpo de Bombeiros foram ao local para atender o caso. Uma caminhonete de apoio, uma unidade de resgate e um caminhão de combate a incêndio foram utilizados.

 Todas as quatro vítimas foram levadas às pressas ao Hospital Regional de Alta Floresta.

 

Leia mais

Casal e bebê ficam gravemente feridos após explosão de botijão de gás

Comente esta notícia