facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 20 de Junho de 2024
20 de Junho de 2024

30 de Dezembro de 2022, 15h:19 - A | A

GERAL / TRÁGICO

Homem cai em silo e morre soterrado por 60 toneladas de soja

O acidente foi registrado em Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá), no início da noite de quinta-feira (29).

THAÍS BEMFICA
DO REPÓRTER MT



Adriano Vasconcellos da Silva, 32 anos, morreu após cair em um silo enquanto trabalhava em uma fazenda próxima à comunidade Campinho Verde, em Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá), na noite dessa quinta-feira (29). O trabalhador não usava equipamento de proteção.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu por volta das 18h. Lucas trabalhava como safrista na moega, onde é realizada carga e descarga de grãos em caminhões. Ao perceber que a soja armazenada não estava descendo, a vítima e um colega de trabalho entraram na moega para mexer no grãos para dar vazão. Quando mexiam na soja, ela desbarrancou e a vítima desceu junto com os grãos até ser soterrada, caracterizando um engolfamento, muito comum em espaços confinados como silos. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O engolfamento acontece quando o trabalhador cai em um espaço oco entre as camadas de grãos que cedem e o 'engolem'. A vítima é soterrada com porções de grãos que se movem para ocupar o espaço vazio, causando asfixia. 

Para resgatar Adriano, a guarnição realizou o escoamento de aproximadamente 60 toneladas de soja até localizá-lo. Após uma hora de trabalho, a vítima foi retirada do silo. No entanto, Adriano já não tinha mais sinais vitais.

A Perícia Oficial de Identificação e Técnica (Politec) foi acionada para a realizados dos procedimentos necessários.

A Polícia Judiciária Civil inestiga o caso. 

Comente esta notícia