Cuiabá, 13 de Agosto de 2022
logo

11 de Dezembro de 2017, 11h:16 - A | A

GERAL / IMPOSTOS E MULTAS

Governo espera arrecadar R$ 100 milhões em 10 dias de renegociação

A expectativa é que sejam renegociados cerca de R$ 400 milhões em dívidas dos contribuintes com o Estado, e que entre no caixa do Governo aproximadamente R$ 100 milhões.

DA REDAÇÃO



Com a realização do 2º Mutirão Fiscal Estadual, o Governo de Mato Grosso pretende arrecadar entre R$ 70 milhões a R$ 100 milhões em dez dias de ação.

Poderão ser renegociados débitos inscritos ou não na dívida ativa, tributários (ICMS, IPVA ITCM)  ou não ( multas emitidas pela Sema, Procon, Detran, Ager). A expectativa é que sejam renegociados cerca de 400 milhões de reais.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

“Nosso objetivo é negociar o montante de R$ 400 milhões de reais, mas de dinheiro mesmo nos cofres, nós estimamos de R$ 70 a R$ 100 milhões de reais, que são aqueles pagamentos que vão ingressar nos cofres públicos. Ou pagamento à vista ou pagamento da primeira parcela”, declarou o procurador-geral do Estado, Rogério Gallo.

Gallo destacou que as ações de reconciliação da Procuradoria arrecadaram nos últimos cinco meses R$ 200 milhões por meio do Refis (programa de parcelamento de débitos atrasados).

As ações de cobrança do Estado também possibilitaram que o pagamento dos servidores públicos fosse efetuado nessa segunda-feira (11), com o recebimento de R$ 120 milhões de impostos de empresa, por meio de ação do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira).

O Mutirão ocorre de 11 a 21 de dezembro, sempre das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 12h, no sábado e domingo (16 e 17). O Mutirão é realizado no segundo andar da Arena Pantanal em Cuiabá, com acesso pelos portões A e B.

Comente esta notícia