facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 14 de Julho de 2024
14 de Julho de 2024

04 de Dezembro de 2017, 14h:04 - A | A

GERAL / PREJUÍZOS DA COPA

Estado paga quase R$ 200 milhões em dívidas do VLT

O Governo do Estado ainda tem orçamento no valor de R$ 152,4 milhões para a retomada do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) no próximo ano.

CAROL SANFORD
DA REDAÇÃO



O Governo do Estado deve desembolsar R$ 193,3 milhões em 2018, referentes à dívida de empréstimos feitos para a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). A informação consta no projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o próximo ano.

Os dois financiamentos foram feitos com a Caixa Econômica Federal, em 2012, na gestão do ex-governador Silval Barbosa.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Um dos empréstimos foi destinado à implantação do corredor do VLT, no valor total de R$ 423,7 milhões. Para esta operação devem ser liberados R$ 126,3 milhões, em 2018. O financiamento tem prazo de 32 anos e previsão de quitação em 2044. O saldo devedor é de R$ 297,4 milhões

Já o segundo financiamento, no valor de R$ 727,9 milhões, diz respeito à contrapartida para “realização de obras e serviços decorrentes de operação de crédito no âmbito da Matriz de Responsabilidade da Copa do Mundo de 2014”. A LOA 2018 prevê a liberação de R$ 67 milhões, sendo que o saldo devedor é de R$ 294,6 milhões com previsão de quitação em 2020.

Retomada do VLT

Apesar das obras do VLT estarem paradas desde dezembro de 2014, o Estado tem orçamento no valor de R$ 152,4 milhões para a retomada do modal. Em agosto, o Executivo suspendeu as tratativas com o Consórcio VLT para reiniciar as obras.

A suspensão se deu em razão da Operação Descarrilho, que apontou fraudes nas licitações e desvios de dinheiro para pagamento de propina ao ex-governador Silval Barbosa.

Silval confessou ter recebido R$ 18 milhões para beneficiar o consórcio. Agora, o Governo finaliza procedimentos administrativos para anular o contrato e penalizar as empresas que fazem parte do Consórcio VLT.

Orçamento 2018

A LOA prevê um orçamento de R$ 20,3 bilhões, o que representa um crescimento de 10,34% em relação aos valores de 2017.

Comente esta notícia