facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 13 de Julho de 2024
13 de Julho de 2024

19 de Junho de 2024, 18h:41 - A | A

GERAL / 33 MILITARES EM CAMPO

Bombeiros combatem incêndios florestais no Portão do Inferno e no Pantanal

Os focos foram registrados no Parque Nacional Chapada dos Guimarães, em uma fazenda em Poconé e o no Porto Conceição, em Cáceres.

DO REPÓRTER MT



O Corpo de Bombeiros Militar de Mtao Grosso combateu três incêndios florestais nesta quarta-feira (19). As ações envolvem o emprego de 33 militares, sete caminhonetes, quatro barcos, duas pás-carregadeiras, uma motoniveladora e um quadriciclo, além do monitoramento remoto com satélites feito pelo Batalhão de Emergências Ambientais, em Cuiabá.

Um dos incêndios está localizado no Portão do Inferno, dentro da área federal do Parque Nacional Chapada dos Guimarães. Os outros dois incêndios estão no Pantanal, sendo um na Fazenda Cambarazinho, em Poconé, e o outro no Porto Conceição, em Cáceres, divisa com Poconé.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A estiagem severa e a baixa umidade do ar têm contribuído para a propagação das chamas e o Corpo de Bombeiros pede que a população colabore e respeite o período proibitivo.

No Pantanal, já está proibido o uso do fogo para manejo e limpeza de áreas na zona rural até 31 de dezembro. Na Amazônia e Cerrado, a proibição começa em 1º de julho e termina em 30 de novembro. Em áreas urbanas, o uso do fogo é proibido durante o ano todo. Os bombeiros orientam que a população denuncie qualquer indício de incêndio pelos números 193 ou 190.

Em Chapada dos Guimarães, os Bombeiros prestam apoio aos brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) no incêndio dentro da unidade de conservação federal. A equipe foi enviada na tarde desta quarta-feira.

Já nos dois incêndios no Pantanal, os bombeiros continuam fazendo o combate direto nos pontos onde há acesso e construção de aceiros para impedir o avanço das chamas. No Porto Conceição, os bombeiros contam com o apoio de brigadistas do ICMbio.

O Batalhão de Emergências Ambientais faz o monitoramento de todos os incêndios florestais do Estado com satélites para orientar as equipes em campo.

Incêndios extintos

O Corpo de Bombeiros já extinguiu um incêndio florestal na região do Lixão, em Chapada dos Guimarães. O incêndio começou na tarde de terça-feira (18) e foi considerado extinto na madrugada desta quarta.

Focos de calor

Em Mato Grosso, são 184 focos de calor registrados nesta quarta-feira, conforme última checagem às 17h, no Programa BDQueimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Deste total, 101 focos se concentram na Amazônia, 61 no Cerrado e 22 no Pantanal. Os dados são do Satélite de Referência (Aqua Tarde).

Vale ressaltar que o foco de calor isolado não representa um incêndio florestal. Entretanto, um incêndio florestal conta com o acúmulo de focos de calor.

Comente esta notícia