facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Junho de 2024
19 de Junho de 2024

21 de Maio de 2024, 19h:30 - A | A

ENTREVISTA / CRIAÇÃO CONSCIENTE

Psicóloga infantil: Acompanhamento profissional na infância pode evitar hiperatividade e depressão na fase adulta

A psicóloga Jéssica Bicudo fala sobre infância consciente e os reflexos disso ao longo da vida

KARINE ARRUDA
DO REPÓRTER MT



Você se considera uma pessoa saudável, mentalmente falando? Ou você se irrita facilmente e, quando vê, já perdeu totalmente a paciência? Se a resposta for sim para a segunda pergunta, saiba que o problema não é exclusivamente seu. De acordo com a psicóloga infantil Jéssica Bicudo, idealizadora do projeto Infância Consciente, a impaciência, intolerância e até mesmo a depressão são alguns dos reflexos de uma cultura cada vez menos saudável e de uma criação menos consciente.

Desde o nascimento, as pessoas são sobrecarregadas com cobranças e exigências e, pouco tempo depois, se veem numa realidade baseada em pressões. Mas, o quanto isso prejudica no desenvolvimento futuro? A psicóloga responde: muito. Jéssica explica que as pessoas são o que são pelas experiências e vivências que tiveram desde a infância e também pela maneira com que agem frente a elas, e sobre isso também há uma carga cultural enorme em que foram inseridas e não conseguem mudar. Por isso, o acompanhamento profissional desde a infância pode evitar problemas futuros.

“Nós temos uma cultura que não desenvolve uma personalidade saudável, por isso que nós temos seres humanos cada vez mais doentes, psicologicamente falando”, explicou Jéssica Bicudo em entrevista ao RepórterMT.

Confira vídeo:

Veja a entrevista na íntegra:

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia