Cuiabá, 02 de Outubro de 2022
logo

04 de Dezembro de 2013, 20h:00 - A | A

CIDADES / PREOCUPANTE

Gramado da Arena Pantanal só começa a ser plantado na próxima segunda-feira, dia 9

Prazo de entrega é mantido, mesmo diante do alerta emitido pela FIFA a respeito do atraso

TITA MARA TEIXEIRA
DA REDAÇÃO



O gramado da Arena Pantanal deve começar a ser plantado nesta segunda-feira (9) de acordo com a Secopa. Após a plantação, o gramado estará pronto para a uso somente após 60 dias. Mesmo diante do alerta emitido pela Fifa durante entrevista coletiva nesta terça-feira a respeito da possibilidade de atraso na entrega da Arena, a Secopa diz que os trabalhos estão sendo intensificados para que seja cumprido o prazo de conclusão das obras até 31 de dezembro.

As obras na Arena estão 89% concluídas, de acordo com a Pasta. Os destaques são a montagem da cobertura, instalações hidrossanitárias, elétricas, ar-condicionado, preparação do campo de futebol e acabamento, com a fixação das cerâmicas dos banheiros, forros e vidros nos camarotes.

Após a plantação do gramado dará início à fase de instalação das cadeiras, que devem chegar a Cuiabá na próxima terça-feira (10).

Mesmo sem as cadeiras, a preparação da arquibancada para a instalação dos assentos já tiveram início com a demarcação para a colocação das longarinas, peças que darão suporte às cadeiras.
No entanto, o titular da Secopa, Maurício Guimarães admitiu durante entrevista coletiva nesta segunda-feira (2) que a instalação das cadeiras seja concluída apenas no ano que vem. “Vamos ter pra início de 2014, só a finalização da instalação das cadeiras, que já está iniciada’’, afirmou.

Polêmica das cadeiras

A definição sobre a escolha da empresa responsável pelo fornecimento e instalação das cadeiras ocorreu após muitas polêmicas, que levou ao cancelamento do primeiro pregão presencial por suspeita de superfaturamento nos preços das cadeiras.

A suspensão da referida licitação se deu em razão de uma notificação encaminhada à Secopa pelo Ministério Público Estadual e o Ministério Público Federal, após a constatação de irregularidades na escolha das especificações do mobiliário esportivo.

divulgação

Contrato com empresa Kango Brasil foi retomado após empresa oferecer redução nos preços

O contrato com a empresa Kango do Brasil foi retomado após uma audiência de conciliação, mediante da redução dos gastos em cerca de R$ 1,5 milhão. O contrato inicial era de R$ 19.636.798,00.

A Kango do Brasil afirmou em nota à imprensa que o sobrepreço das cadeiras ocorreu devido à qualidade e ao modelo escolhidos durante a licitação.

Trata-se do modelo de cadeira Copacabana, que de acordo com o fabricante “possui as maiores dimensões do mercado, oferece resistência mecânica superior, proporcionando conforto diferenciado’’.

A empresa afirmou ainda que a instalação dos 46.729 assentos para o Estádio Arena Pantanal já foi iniciada e que cumprirá rigorosamente os prazos previstos dentro do contrato que foi imposto durante o Processo Licitatório.

Comente esta notícia