Cuiabá, 09 de Agosto de 2022
logo

19 de Dezembro de 2017, 10h:33 - A | A

VARIEDADES / SAÚDE E BEM ESTAR

Medicamento anti-HIV começa a ser distribuído no país

O remédio Truvada, capaz de prevenir a infecção pelo vírus e será distribuído entre as populações mais vulneráveis, sobretudo jovens entre 15 e 24 anos

CATRACA LIVRE



mês de conscientização sobre prevenção ao HIV e à AIDS, o governo brasileiro anunciou uma importante medida que distribuirá o medicamento Truvada, capaz de prevenir a infecção pelo vírus.

Distribuído entre as populações mais vulneráveis, sobretudo jovens entre 15 e 24 anos, o Brasil será o primeiro país da América Latina a adotar o uso do remédio.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Oferecido gratuitamente em 35 centros de saúde de 11 estados, a distribuição faz parte do programa de Profilaxia Pré-Exposição (Prep) e permitirá dez mil tratamentos preventivos disponíveis inicialmente.

Aids triplicou entre homens de 15 a 19 anos 

De 2006 a 2016, o número de casos de aids entre homens de 15 a 19 anos praticamente triplicou, chegando a 6,7 casos por 100 mil habitantes, segundo informações da Unaids. Já entre homens de 20 a 24 anos, o número quase dobrou, alcançando 33,9 casos por 100 mil. Entre os soropositivos dessa faixa, está a menor taxa de pessoas em tratamento: 34%, ante 14% na faixa acima dos 60 anos.

Na primeira fase do projeto, a Prep será distribuída a outros grupos considerados vulneráveis: profissionais do sexo, transexuais, usuários de drogas e pessoas que relacionam com parceiros soropositivos. Mas antes de oferecer o medicamento, os serviços de saúde realizarão uma triagem dos candidatos.

Os defensores da técnica dizem que a experiência brasileira será crucial para mostrar ao mundo os benefícios do investimento na prevenção. O uso do medicamento combinado foi aprovado em 2012 pelos Estados Unidos.

Comente esta notícia