facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 22 de Maio de 2024
22 de Maio de 2024

29 de Julho de 2010, 12h:35 - A | A

POLÍTICA /

TRE nega registro para mais quatro candidatos em MT

24horasnews



Da redação


A Justiça Eleitoral em Mato Grosso negou nesta quarta-feira pedido de registro para quatro candidatos por ausência de quitação eleitoral, falta de comprovação de filiação partidária e apresentação de documentos indispensáveis ao processo. Um dos casos envolve Álvaro José Ormond, do Partido Socialismo e Liberdade (Psol), que teve o registro de candidatura de deputado federal indeferido por não possui filiação partidária, condição constitucional de elegibilidade.

O Pleno do TRE também indeferiu os pedidos de registros de  candidatura de Valéria da Silva Nicola, Deuseni Felix da Costa e Silva e Sônia Francisca Simi, candidatas a deputada estadual pelo Partido Progressista (PP). Embora tenham sido intimadas, as três candidatas deixaram de apresentar as certidões negativas cíveis e criminais, exigidas pela Justiça Eleitoral. Valéria e Sônia Simi não foram escolhidas em convenção do partido pelo qual requereram candidatura. Sônia sequer conseguiu comprovar que é filiada ao partido.

O desembargador José Vidal registrou que a candidata Deuseni Felix não pôde obter a certidão de quitação eleitoral necessária ao deferimento do registro de candidatura, já que o Cadastro Nacional de Eleitores registra ausência às urnas, sem a devida justificativa.

Entre as candidaturas deferidas estão as dos candidatos a governador e a vice-governador pela coligação Mato Grosso para Todos, respectivamente Silval Barbosa e Francisco Daltro. O relator deste processo foi o juiz federal César Augusto Bearsi. Os candidatos a governador e a vice-governador pelo Psol, Marcos Magno de Castro Ferreira e José Roberto de Freitas Cavalcante, também tiveram os registros de candidatura deferidos pela Justiça Eleitoral.

Até a manhã desta quarta-feira, o TRE/MT já julgou quatro Demonstrativos de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) e 36 Requerimentos de Registro de Candidaturas (RRC). A próxima sessão do Pleno do TRE acontece nesta quinta-feira, 29 de julho, com início às 8h.

Comente esta notícia